BARES

Surpresa na noite

Sai o Copa Café, entra o Copa Club, com horário de funcionamento até alta madrugada

Por: Rafael Sento Sé - Atualizado em

BEBIDAS ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | COZINHA ✪✪✪

Fernando Frazão
(Foto: Redação Veja rio)

Sucesso do circuito boêmio chique da cidade, o Copa Café fechou de forma inesperada em fevereiro, pegando boa parte de sua clientela de surpresa. Dois meses mais tarde, o chef boliviano Checho Gonzales chegou a anunciar que seria o novo inquilino do ponto na Avenida Atlântica. E nada. Tão repentina quanto o fechamento é a notícia da reabertura da casa com novo nome, Copa Club, e sob o comando do mesmo dono do empreendimento anterior, o restaurateur Roberto Peres. Na decoração, poltronas e mesas baixinhas substituíram os móveis antigos, de altura convencional. A principal mudança é uma declaração de intenções: o horário de funcionamento foi esticado até as 4 da madrugada.

Sugestão clássica entre os petiscos, os mini-hambúrgueres de cordeiro foram mantidos. Oferecida em porção de seis unidades (R$ 22,00), a criação continua deliciosa. Também pode ser preparada nas versões de salmão (R$ 22,00) e carne bovina (R$ 18,00). Para completar o pedido, peça a crocante batata frita (R$ 15,00), servida ao lado de molho de ketchup picante. Outras sugestões acertadas são croquete de pato ao molho de laranja (R$ 18,00) e canapé de tartare de salmão (R$ 24,00), ambos em porções de meia dúzia.

Na parte de bebidas, há drinques tradicionais e cinco criações próprias. Campari, vermute e espumante no lugar de gim compõem o negroni (R$ 15,00), de amargor na medida certa. No bramble (vodca Cîroc, suco de limão e licor de cassis; R$ 22,00), o contraste entre o cítrico e o doce dá o tom. Na lista de cervejas, há garrafas long neck de Stella Artois (R$ 7,00) e Bohemia (R$ 5,00).

Copa Club. Avenida Atlântica, 3056, loja B, Copacabana, ☎ 2235-2947, ? Cantagalo (80 pessoas). 20h/4h (fecha dom.). Cc: M e V. Cd: todos. Aberto em 2011.

Fonte: VEJA RIO