salgadinho

Clássica, bolinha de queijo de destaca nos bares

Feitas até com queijo artesanal ou de coalho, salgado querido por todos pode ser pedido nos endereços abaixo

Por: Rafael Cavalieri

Sobe
Terraço protegido, mas sem barrar a vista: detalhe charmoso no Sobe (Foto: Felipe Fittipaldi)
  • Cachaçarias

    Academia da Cachaça

    Rua Conde Bernadotte, 26, Leblon

    Tel: (21) 2529 2680 ou (21) 2239 1542

    Veja Rio
    Sem avaliação

    A carta com mais de 100 rótulos de cachaça é abastecida pela sommelière consultora Deise Novakoski, mas o negócio também goza de merecida fama por seu cardápio de petiscos e pratos bem brasileiros. O começo passa pela empada de queijo de coalho e alecrim (R$ 9,90) ou pelo caldinho de feijão com salsinha e bacon frito (R$ 13,90, 140 mililitros). Para dividir, opte pelo combinadinho (R$ 30,80), com bolinhas de carne e queijo, mandioca e coxinha de galinha. Entre os pratos principais figuram o escondidinho de carne de charque desfiada, purê de aipim e requeijão gratinado (R$ 36,90) e o arrumadinho de carne de sol (R$ 39,90), servido com farofa, tempero verde e feijão-de-corda (R$ 39,90). A feijoada (R$ 94,50) é um sucesso. Na panela de barro, chegam charque, costelinha, lombo, paio e linguiça fina, acompanhados de arroz, couve, farofa, laranja e uma dose de cachaça com mel. Quem tem tempo de esperar 25 minutos pela sobremesa é recompensado pela torta quente de queijo com goiabada (R$ 19,90).

    Preços checados em julho de 2016

    Saiba mais
  • Bares variados

    Al Farabi

    Rua do Rosário, 30, centro

    Tel: (21) 2233 0879

    Sem avaliação

    Parte da charmosa decoração está à venda, afinal o negócio foi fundado como um sebo de livros e discos. Em um pedaço preservado do Rio Antigo no Centro, o ponto tem ótima oferta de cervejas para acompanhar os comes. O picadinho de carne refogada em cubos, com cogumelos frescos, ovo poché, banana frita, farofa e arroz (R$ 34,90 para uma pessoa), pede um chope, que pode ser das marcas artesanais cariocas Motim, Oceânica e Trópica (cada um a R$ 14,50, 300 mililitros). Música ao vivo faz parte do cardápio: tem jazz às quartas, bossa nova às quintas-feiras e, sempre no segundo sábado do mês, roda de samba. Thomaz Miranda, do bloco Simpatia É Quase Amor, comanda o som. Não há cobrança de couvert artístico. Entre os tira-gostos, são sugestões acertadas a porção de moela ao molho de cerveja red ale (R$ 29,80) e jiló e berinjela assados com ervas (R$ 19,80).

    Saiba mais
  • Mirantes

    Bar do Lado

    Avenida Delfim Moreira, 710, Leblon

    Tel: (21) 2172 1100

    Sem avaliação

    Feita aos poucos, a reforma não interferiu muito no funcionamento da casa. O novo visual estreou junto com criações recém-chegadas ao cardápio. No salão interno, onde foi instalado um bar, os tons avermelhados deram lugar a um azul tranquilo, que combina mais com a praia avistada da disputada varanda. Nos trinques, o Bar do Lado, no térreo do Marina All Suites, ganhou menu dominado por sugestões orientais, o primeiro feito na casa pela chef Lydia Gonzalez. Os combinados japoneses, marca local, agora dividem espaço com receitas como o tartare de atum com ovas e gema de ovo de codorna (R$ 40,00). Outra dica, camarões empanados em farinha panko são escoltados por molho de leite de coco, curry vermelho e temperos tailandeses (R$ 36,00). A seção de drinques, assinada por Tai Barbin (autor da carta do vizinho Bar d'Hôtel, premiada na última edição do COMER & BEBER), também tem influência asiática. Duas sugestões são o laos (R$ 26,00), mistura de gim, pepino, xarope artesanal de violeta e limão-siciliano, e o tokio (R$ 24,00), que leva saquê, capim-limão, gengibre, grapefruit e limão-siciliano.

    Saiba mais
  • Bar-restaurante

    Comedoria

    Rua Rainha Guilhermina, 48, Leblon

    Tel: (21) 2294 2913

    Sem avaliação

    Criadora do afamado (e copiado) bolinho de feijoada do Aconchego Carioca, na Praça da Bandeira, Kátia Barbosa cruzou o Túnel Rebouças em dezembro e aportou no Leblon. O cardápio da nova casa, localizada onde funcionou até pouco tempo atrás uma tentativa de reviver o Caneco 70, está repleto de homenagens a chefs amigos. O foco são os bolinhos que lhe deram fama. São onze variedades, sendo apenas o de feijoada já conhecido. O de rabada (R$ 29,90, quatro unidades) é feito somente com a carne desfiada, sem a gordura que dá a untuosidade habitual ao prato. Um criativo vinagrete de banana ajuda a suprir a ausência. Pedida interessante, o de moqueca (R$ 29,90, seis unidades) traz toda a complexidade de sabores do prato. Na ala dos sanduíches, o de barriga de porco com cebola na cerveja (R$ 26,90) tem componentes saborosos, mas chegou em pão sem crocância. Para matar a sede, destaque para a refrescante caipi raspadinha (R$ 19,90) — a de jabuticaba estava excelente. A caprichada carta de cachaças tem catorze rótulos, e a de cerveja traz 21, entre elas a ótima catarinense Coruja Extra Viva (R$ 39,90, 1 litro).

    Saiba mais
  • Frederico

    Rua Siqueira Campos, 230, Copacabana

    Tel: (21) 2547 1787

    Veja Rio
    Sem avaliação

    Pequeno e charmoso, o lugar tem um toque mineiro, inspiração da terra natal da proprietária e chef Elba Ximenes. Nas paredes, imagens variadas do padroeiro da cidade, São Sebastião, dividem espaço com o quadro-negro, no qual se alternam frases inspiradoras e sugestões do cardápio. No almoço, as novidades são diárias. Preparos de carne (R$ 29,00), frango ou peixe (R$ 25,00 cada pedido) podem ganhar saborosas guarnições de creme de aipim com queijo curado e batata-doce com castanha. Na happy hour, têm seus fãs os bolinhos de queijo da Serra da Canastra, pernil e torresmo (R$ 24,00, seis unidades) e de bacalhau com banana-da-terra (R$ 24,00, com quatro). A caipirinha (R$ 15,00) ganha versões de frutas vermelhas e de tangerina com gengibre — com vodca Smirnoff, o pedido sobe para R$ 19,00. Especialidade local, a jarina (R$ 20,00) é uma mistura de anis, cachaça, damasco e frutas vermelhas. Do freezer chegam geladas especiais, a exemplo da Avena Noi (R$ 38,00, 600 mililitros), da amarga Amnésia Mistura Clássica (R$ 38,00, 300 mililitros) e da Paquetá (R$ 38,00, 600 mililitros). Preço verificado em julho de 2016.

    Saiba mais
  • Bares variados / Drinques

    Sobe

    Rua Pacheco Leão, 724, Jardim Botânico

    Tel: (21) 3114 7691

    Veja Rio
    Sem avaliação

    Dona de merecida fama, a vista do agradável terraço, para o Cristo Redentor e as palmeiras-imperiais do Jardim Botânico, não foi atrapalhada pela instalação, no fim de 2015, de uma cobertura transparente fixa na parte alta do salão: na outra metade, o teto retrátil é aberto em dias de céu limpo. Trunfo local, a carta de drinques foi renovada pelo talentoso bartender William Barão. Ao lado de alguns clássicos, entraram novidades como o ônix, reunião de uísque Jack Daniel’s, ameixa seca, licor de açaí e laranja-da-baía (R$ 26,90). Outra pedida recente, o âmbar chega na taça em formato de lâmpada, com cachaça Leblon Merlet, fumaça líquida, Campari e licor de cereja (R$ 33,90). Da lista de sugestões da cozinha, assinadas pelo chef Mauricio Pinkusfeld, são um hit os palitos de queijo de coalho (R$ 24,90, seis unidades), empanados em farinha panko com cerveja, que chegam à mesa ao lado de molho de mel e pimenta e delicioso creme de goiabada. Evento concorrido aos sábados, o Sobe BBQ recebe um convidado a cada semana para preparar um churrasco de hambúrguer, de 14h a 18h, ao preço fixo de R$ 30,00. A visita pode ser embalada por DJs e shows de jazz ao vivo. 

    Saiba mais
  • Bares de praia

    Temporada

    Avenida Francisco Bhering, 65, Ipanema

    Tel: (21) 2523 0066

    Veja Rio
    Sem avaliação

    Referência na orla mais pela vista privilegiada, que se estende da Pedra do Arpoador ao Leblon, o Azul Marinho fechou as portas em 2014. Sob nova direção, o bar no Hotel Arpoador foi reaberto batizado de Temporada. Como o nome já sugeria, funcionaria por um período definido e, depois, seria reformulado. Mas o sucesso foi tanto — prova disso foi o voto recebido na categoria visual do Rio — que a, digamos, temporada foi prorrogada até o fim dos Jogos Olímpicos de 2016. Para celebrar a sobrevida, o chef argentino Christian Garcia reformulou o cardápio. Sucesso, o tartare de atum com chips de batata-baroa e iogurte de wassabi (R$ 45,00) ganhou a companhia de empanada de carne (R$ 7,00) e do fresco tiradito de salmão com agrião e vinagrete de maracujá e shoyu (R$ 42,00). Atração principal, a carta de drinques, formulada pela mixologista do Teto Solar Sandra Mendes, conta com dicas como o bikini kills, reunião de vodca de açaí, licor Chambord e limão-siciliano (R$ 31,00). Na ala das cervejas, entraram em cena rótulos da Mistura Clássica, a exemplo do Amnésia, uma potente imperial IPA (R$ 29,00; 500 mililitros).

    Preços checados em outubro de 2015

    Saiba mais

Fonte: VEJA RIO