BARES

Cartas de cachaças

Quatro endereços fartos em opções de branquinhas e amarelinhas

Por: Rafael Cavalieri

Berg Silva/Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Academia da Cachaça

Ponto movimentado em uma galeria no Leblon, virou referência na cidade quando o assunto são purinhas. São mais de 100 os rótulos disponíveis na carta. Uma das campeãs de vendas é a Da Quinta, fabricada em Carmo, no Estado do Rio (R$ 9,50 a dose da branca e R$ 11,90 a envelhecida). Da cidade mineira de Araguari vem uma das mais caras sugestões: a GRM, que sai por R$ 32,50 o copinho. A bebida também aparece nas caipirinhas de sabores como fruta-do-conde ou tangerina (R$ 16,50 e R$ 14,90, respectivamente). Boa pedida para petiscar é o combinadinho (R$ 27,80), reunião de bolinhas de carne e queijo, bolinho de mandioca com queijo e coxinha. Há ainda empada de queijo de coalho com alecrim (R$ 8,90 a unidade), um clássico da casa, assim como o escondidinho de carne-seca com purê de aipim e requeijão (R$ 31,50). Para refrescar, chope Brahma (R$ 6,70 a caldeireta).

Rua Conde Bernadotte, 26, lojas E a G, Leblon, ☎ 2529-2680 e 2239-1542 (180 lugares). 12h/1h (sex. e sáb. até 2h). Cc: todos. Cd: todos; Avenida Armando Lombardi, 800, loja 65 L (Condado de Cascais), Barra, ☎ 2492-1159 (200 lugares). 12h/1h (seg. até 17h, sex. e sáb. até 2h, dom. até 19h). Cc: todos. Cd: todos. www.academiadacachaca.com.br. Aberto em 1985.

O Buteco Tradicional

O pé-limpo do Recreio segue a cartilha da matriz, em Campinas, no interior de São Paulo. No cardápio, têm bastante saída o bolinho de alho-poró (R$ 29,90), o pastel de catupiry (R$ 23,90), ambos em porções de oito unidades, e o filé ao buteco, com tiras de mignon acebolado cobertas de queijo e acompanhadas de aipim frito (R$ 53,90). Caldeiretas de chope Brahma (R$ 5,80) são as opções mais pedidas entre as bebidas, ao lado de cascos de Original (R$ 11,90). A carta de cachaças, com trinta rótulos, conta com doses de Mineiríssima (R$ 9,30) e da clássica Anísio Santiago (R$ 29,90), também de Minas Gerais.

Avenida Benvindo de Novaes, 1800, Recreio, ☎ 2487-8710 (300 lugares). 17h/2h (sex. e sáb. até 3h; dom. até 0h). Cc: todos. Cd: todos. www.obutecotradicional.com.br. Aberto em 2007.

Casa da Cachaça

Inaugurada em 1960, a casa está entre os bares tombados como Patrimônio Cultural Carioca no fim de 2012. O nome diz tudo: por lá, encontram-se mais de 600 rótulos da purinha. Quem curte uma batida pode pedir a de gengibre, que segue como a mais vendida da casa (R$ 4,00). Em apenas um sábado, costumam sair mais de 300 doses. Prove também a gabriela, mistura de cravo, canela e melado de cana, e a jurupinga, preparada com uva (R$ 5,00 cada uma). Para forrar o estômago, a campeã de pedidos é a porção de batata com queijo e linguiça calabresa (R$ 20,00), mas também têm boa procura a carne de sol acebolada com aipim (R$ 32,00) e a porção de queijo de coalho e orégano (R$ 18,00). Completam o programa garrafas de 600 mililitros geladas das marcas Antarctica, Brahma (R$ 8,00 cada uma), Original, Bohemia (R$ 10,00) e Itaipava (R$ 6,00).

Rua Mem de Sá, 110, Lapa, ☎ 2531-7219 (30 lugares). 15/5h. Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 1960.

Galeto Sat?s

Administrado nos últimos dois anos pelo casal de antigos frequentadores Sérgio e Elaine Rabello, o ponto é opção infalível na madrugada. Apaixonado por cachaça e um grande colecionador, Sérgio elaborou uma carta que conta com mais de 150 rótulos. As mineiras fazem sucesso e possuem preços variados. Uma das mais caras é a Roxinha, envelhecida por cinco anos em barril de carvalho (R$ 45,00). Opções mais em conta são a Áurea Custódio (R$ 15,00) e a Beija-Flor (R$ 8,00). Feito na brasa, o galeto, temperado por molho de limão, laranja, alho e pimenta (R$ 21,00), pode ganhar a companhia de farofa de ovo (R$ 16,00). Dica para petiscar, a porção de coração de galinha custa R$ 18,00.

Rua Barata Ribeiro, 7, loja D, Copacabana, ☎ 2275-6197 e 2543-8841 (40 lugares). 12h/4h. Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 1962.

Fonte: VEJA RIO