BARES

Carne-seca é a estrela

Ingrediente comum na gastronomia nordestina, o corte salgado aparece na receita de petiscos variados em seis endereços

Por: Rafael Cavalieri

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Bar do Adão

O ponto no Grajaú, inaugurado há pouco mais de duas décadas, deu início à rede famosa pelos criativos sabores de pastel. Um deles, o atrevido, combina carne-seca com queijo de coalho (R$ 6,90). A versão com a mesma carne acompanhada de catupiry sai por R$ 6,20. Gelado e bem tirado, o chope Brahma (R$ 5,90, 300 mililitros) pode acompanhar perfeitamente qualquer pedido feito na casa.

Rua Dona Mariana, 81, Botafogo, ☎ 2535-4572 (90 lugares). 12h/1h (dom. até 17h.). Cc: todos. Cd: todos; Avenida Engenheiro Richard, 105, Grajaú, ☎ 2577-0730 (40 lugares). 12h/3h (seg. a partir

das 18h). Cc: todos. Cd: todos. Mais oito endereços. www.bardoadao.com.br. Aberto em 1991.

Bar do Horto

Eleito por duas vezes o melhor lugar da cidade para ir a dois, segundo o júri da edição especial Comer & Beber, publicada por VEJA RIO, o bar traz novidades no cardápio. Boa opção para dividir na mesa com amigos, o bão demais reúne carne-seca acebolada, aipim frito, linguiça artesanal e queijo de coalho (R$ 34,00). A carne-seca aparece ainda recheando a porção de pastéis (R$ 29,00, sete unidades). Na ala dos drinques, experimente o layde, feito de vodca, morango, canela, cravo, tabasco e açúcar (R$ 19,00).

Rua Pacheco Leão, 780, Jardim Botânico, ☎ 3114-8439 (120 lugares). 12h/2h (ter. a dom.; fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2010.

Barthodomeu

No amplo casarão, destino de muitos jovens depois da praia ou mesmo para quem quer curtir a madrugada, pode-se dividir de tudo. Recém-lançado, o combo Smirnoff traz a garrafa de vodca ao lado de seis energéticos (R$ 192,00). Para acompanhar, o mix barthodomeu reúne carne-seca acebolada, calabresa flambada, costelinha crocante, aipim frito, farofa da casa e manteiga de garrafa (R$ 52,40). Outra dica de petisco é o tradicional escondidinho de carne-seca, com purê de aipim coberto por requeijão (R$ 28,90).

Rua Maria Quitéria, 46, Ipanema, ☎ 2247-8609 (150 lugares). 12h/2h (sex. e sáb até 4h). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2009.

Bodega Spania

Na casa de Parque Anchieta, na Zona Suburbana, clássicos da cozinha espanhola fazem sucesso. É o caso da croqueta de jamón, feita de presunto serrano (R$ 7,80 a unidade). Para agradar a todos, a carne-seca chega acebolada e gratinada com queijo de coalho, acompanhada de aipim frito (R$ 42,30). Completa o programa o chope Brahma (R$ 5,80 a tulipa de 300 mililitros ou R$ 6,60, a caneca zero grau de 350 mililitros).

Rua Cipriano Barata, 30, Parque Anchieta, ☎ 2455-2906 (200 lugares). 17h/1h (sáb. e dom. 12h/2h). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2014.

Escobar

No cardápio, o endereço exibe influência da gastronomia latino-americana. Prato típico da Bolívia, mas que lembra muito um clássico brasileiro (o arroz de carreteiro), o majao (R$ 30,00) reúne arroz, carne-seca, linguiça, mandioca, banana frita e ovo frito. Para acompanhar, peça a michelada (R$ 12,00), combinação de cerveja, limão, molho inglês, tabasco e sal.

Rua General San Martin, 359, Leblon, ☎ 2249-2619 (120 lugares). 12h/1h (qui. até 2h; sex. e sáb. até 3h; fecha seg.). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2013.

Pipo

No misto de bar e restaurante do chef estrelado Felipe Bronze, a carne-seca tem a companhia do palmito pupunha nos pastéis que chegam em dupla (R$ 19,00). Para beber, experimente a inventiva versão do clássico gim tônica. Por lá o drinque é feito com gim Hendrick's, tônica, maxixe e especiarias, como cardamomo e anis-estrelado (R$ 26,00).

Rua Dias Ferreira, 64, Leblon, ☎ 2239-9322 (48 lugares). 12h30/23h (sex. e sáb. até 0h; dom. 12/18h; seg. 19h/23h). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2013.

Fonte: VEJA RIO