Bento

Com carta de cervejas caprichada, Bento abre as portas na Tijuca

Em rua marcada por bares que vendem litros de chope Brahma, casa aposta nas artesanais para fisgar fãs de rótulos especiais

Por: Rafael Cavalieri

Salão do Bento tem mini-arquibancada
(Foto: Felipe Fittipaldi)

A vizinhança é animada. Casas como Buxixo Choperia e Rota 66 oferecem a seus clientes hectolitros de chope Brahma e pagode. No entanto, outro perfil boêmio vem ganhando força na Praça Varnhagen. Cervejas artesanais e repertório musical que não atrapalha a conversa são as armas da pequenina Hopfen, aberta no ano passado, e do Bento, inaugurado no começo de setembro. No ponto mais novo, há mesas sobre o deque da varanda coberta e no pequeno salão, onde sobressai uma espécie de arquibancada, de frente para a TV, preparada para abrigar o público em dia de jogo. Um quadro-negro anuncia as degustações promovidas às terças, sob o comando do beer sommelier Hugo Ruffo, e a cervejaria visitante — que, se cair no gosto dos bebedores, ganha lugar no cardápio. No último dia 26, a candidata foi a leve e agradável IPA Refrescadô de Safadeza (R$ 24,00; 330 mililitros), da fábrica paulista Urbana. Na carta de geladas já se encontram 85 rótulos. A double IPA Heelch O’Hops (R$ 30,00; 355 mililitros), da americana Anderson Valley, é imperdível para os fãs do lúpulo. Na enxuta lista de tira-gostos há queijos e frios, que podem ser pedidos na tábua mista (R$ 45,00), e carpaccio de carne ao pesto (R$ 20,00).

Rua Almirante João Cândido Brasil, 134, loja A, Tijuca, ☎ 3596-7583 (55 lugares). 18h/1h (sex. e sáb. até 3h; dom. 16h/1h). Cc: M e V. Cd: todos. Aberto em 2014.

Fonte: VEJA RIO