BARES

Belmonte Jardim Botânico

Bar reabre de cara nova após três meses de reforma, aos cuidados do arquiteto Helio Pellegrino

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

COMIDA ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | BEBIDA ✪✪✪

FELIPE FITTIPALDI
(Foto: Redação Veja rio)

Em setembro passado, tapumes cobriram a fachada da unidade do Belmonte no Jardim Botânico. Passados três meses, revelou-se a nova cara do bar ? o segundo da rede a passar por um senhor banho de loja, depois da filial do Leblon, transformada em 2012. Novamente aos cuidados do arquiteto Helio Pellegrino, a mudança foi radical. O salão ganhou paredes de vidro e se integrou à varanda, o espaço mais agradável. No geral, a decoração remete a um botequim antigo. Cardápio de comes e carta de drinques também têm novidades. No primeiro, entraram os pinchos ? fatias de pão sob variadas coberturas, petisco típico da Espanha ?, que circulam em bandejas. São mais de quinze opções (R$ 6,90 cada uma), mudadas a cada dia. Na noite da visita foram beliscados e aprovados os de presunto de Parma com queijo de cabra e de brie com damasco. Também são recém-chegados a miniporção de caftas (R$ 15,50, cinco unidades), temperadas com cominho e escoltadas por molho de iogurte e hortelã,

e o potinho de guacamole com dadinhos de salmão (R$ 11,00). O chope bem tirado (R$ 6,50, da Brahma) agora concorre com opções de frozen, a exemplo do tamarindo (R$ 21,00, com rum, pêssego e maçã verde, além da fruta que o batiza), e drinques clássicos, como o whisky sour (R$ 25,00), mistura do destilado a angostura, sour mix e açúcar.

Rua Jardim Botânico, 617, Jardim Botânico, ☎ 2239-1649 (500 lugares). 11h30/3h. Cc: todos. Cd: todos. ? Aberto em 2004.

Fonte: VEJA RIO