BARES

Para turistas e locais

O Guilhermina, dentro do albergue Meiai, recebe visitantes com tira-gostos saborosos e cerveja gelada

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

BEBIDAS ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | COZINHA ✪✪✪✪

Lype Borges Lima
(Foto: Redação Veja rio)

Albergues cariocas costumam hospedar quem não tem dinheiro para pisar no mármore de hotéis na orla. Ocorre que essa turma, quase sempre jovem, gosta de confraternizar. Saem na frente, portanto, estabelecimentos com bares onde turistas e locais se reúnem em torno de comes e bebes. Esse é o trunfo de redutos como o Oztel, inaugurado em Botafogo há dois anos, e o Meiai, instalado no mesmo bairro há um mês. O recém-chegado ocupa um casarão centenário de 700 metros quadrados e reserva parte de suas dependências ao aprazível Bar Guilhermina.

No térreo, ao lado da recepção, mesas de madeira espalham-se pelo ambiente com parede de pedras aparentes e teto forrado de papel de pipa. Embora a parte interna seja agradável, os lugares mais disputados encontram-se no pequeno jardim. A cozinha fica aos cuidados do chef Theo Menezes, que já passou pelos fogões da CT Brasserie e da CT Boucherie, e de Pedro Attayde, egresso do Outback. Enxuta, mas caprichada, a seção de tira-gostos traz bolinhos de risoto de abóbora e carne-seca (R$ 15,00, seis unidades) crocantes e saborosos. Outras pedidas acertadas são a macia costelinha de porco (R$ 18,00, seis unidades), acompanhada de molho barbecue caseiro e sequinhos anéis de cebola, e a suculenta linguiça de pernil com farofa e mostarda escura (R$ 18,00). Do freezer chegam garrafas de 600 mililitros de Antarctica Original (R$ 8,00), além das artesanais nacionais Coruja Viva (R$ 25,00) e Colorado (R$ 20,00). Do you speak English?

Bar Guilhermina. Rua Guilhermina Guinle, 127, Botafogo, ☎ 3495-4481 (36 lugares). 12h/0h (sex. e sáb. até 1h). Cc: todos. Cd: todos. ↔ ? www.meiai.com.br. Aberto em 2013.

Fonte: VEJA RIO