BARES

Brisa por conta da casa

Sucessor do Quiosque do Português na orla amplia a rede de negócios dos hotéis Marina

Por: Rachel Sterman - Atualizado em

BEBIDAS ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | COZINHA ✪✪

Fernando Lemos
(Foto: Redação Veja rio)

Uma pendenga judicial com a Orla Rio, poderosa concessionária dos negócios instalados à beira-mar, resultou no fechamento do Quiosque do Português em outubro do ano passado. Às boas-novas: Manoel Alves e seu filho Carlos, após dez anos dando expediente no calçadão do Leblon, seguem servindo suas inventivas caipirinhas no Complexo Lagoon. Além disso, o antigo ponto da dupla abriga, desde o fim de dezembro, o Bar da Areia. O quiosque em frente à Rua José Linhares foi arrendado pelos hotéis Marina. Agora, integra uma rede que já conta com o Bar d?Hôtel, o Bar da Praia e o Bar do Lado. Como nessas três casas, o novo posto avançado rumo à praia tem cardápio enxuto da chef Maria Victoria.

Cadeiras de madeira acomodam a clientela diante da paisagem espetacular da praia com o Morro Dois Irmãos logo ali, à direita de quem chega. Para alegria dos banhistas ou da turma atrás de uma happy hour arejada, o novo inquilino prepara caprichada caipirinha de frutas vermelhas (R$ 16,00, com vodca nacional). Outra pedida, a Stella Artois, em long neck, custa R$ 8,00. Na lista entram ainda sugestões de espumantes e saquês. A seleção de tira-gostos tem um pé na cozinha japonesa: oferece temakis, a exemplo do filadélfia (R$ 17,00), de salmão cru, arroz e cream cheese, porções de cinco peças de sashimi de atum ou salmão (R$ 12,00 cada conjunto) e combinados ? a versão de 28 peças custa R$ 56,00. Quem não aprecia peixe cru encontra opções como o hot-dog da areia (R$ 16,00), servido em uma embalagem de plástico, e o cheeseburger da casa (R$ 20,00).

Bar da Areia. Avenida Delfim Moreira, quiosque 5 (em frente à Rua José Linhares), Leblon, ☎ 2172-1000 (24 lugares). 8h/21h. Aberto em 2012.

Fonte: VEJA RIO