DIVERSÃO

No bar até altas horas

Dez bares para curtir com os amigos até o fim da noite sem se preocupar com o horário

Por: Thaís Meinicke - Atualizado em

Depois de uma semana inteira de trabalho e estudo, tudo o que se quer é aproveitar os dias livres para relaxar e se divertir. Reunir os amigos em uma mesa de bar é a escolha de muitos cariocas para as noites de lazer. Como noitada com hora para acabar não tem a menor graça, preparamos uma seleção de dez bares que ficam abertos até altas horas para que você possa colocar o papo em dia sem se preocupar com o horário. Entre as opções, há casas que funcionam 24 horas diariamente e algumas que estendem seu horário de serviço nos finais de semana para atender aos clientes notívagos. Confira nossas sugestões.

Cabidinho

É um dos poucos estabelecimentos na cidade que nunca fecham. Com funcionamento 24 horas, serve chope Brahma gelado a qualquer hora do dia, da noite ou da madrugada. Outro trunfo: faz entregas na Zona Sul até às três da manhã. Para forrar o estômago, as pedidas são os sanduíches no pão de leite e as saborosas empadas.

Rua Paulo Barreto, 65, Botafogo, tel. 2527-2942.

cabidinho-ismar-ingber-carrossel.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Botecotaco

A discreta fachada abriga um porto seguro para aqueles que buscam o último chope da noite. Com mais de 70 anos, a casa aposta no horário estendido de funcionamento (até às quatro da manhã de quinta a sábado) e nas cinco mesas de sinuca no fundo do salão para atrair a clientela.

Rua Humaitá, 122, Humaitá, tel. 2539-5109.

batecotaco-marcos-pinto-carrossel.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Diagonal

Em funcionamento desde a década de 50, é um dos tradicionais vértices da boemia no Baixo Leblon. Quem passa por lá atrás do último chope da madrugada encontra tulipas da Brahma. Para acompanhar, as pedidas mais conhecidas são as pizzas nos sabores calabresa, bacalhau e carne-seca com catupiry, além da clássica margherita. A casa funciona até às cinco da manhã às sextas e sábados.

Rua Aristides Espínola, 88, Leblon, tel. 2294-4298.

diagonal-carrossel.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Jobi

No pequeno salão ou na varanda, o bar é um dos mais procurados para quem quer dar aquela paquerada enquanto toma um chope Brahma gelado, também servido em copos de plástico para a turma que se aglomera na calçada. Às sextas e sábados, funciona até às seis da manhã.

Avenida Ataulfo de Paiva, 1166, loja B, Leblon, tel. 2274-0547.

Divulgação
(Foto: Redação Veja rio)

Eclipse Bar e Restaurante

Localizada no coração de Copacabana, a casa ficava aberta 24 horas até pouco tempo atrás. Agora, o horário de funcionamento mudou, mas ainda atende a quem quer ficar no bar até mais tarde, com serviço até as 3h da manhã. No cardápio, sanduíches, pratos quentes e frios, doces, pizzas e mais.

Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 1309, Copacabana, tel. 2287-1788.

eclipse-divulga.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Stalos Café & Bar

Aberto 24 horas, o bar é um reduto seguro para a última saideira ou aquele providencial lanche na saída da noitada já com o sol raiando. As pizzas com bordas generosamente recheadas com catupiry e os sanduíches são boas pedidas para repor as energias no fim da noite.

Avenida Nossa Senhora de Copacabana, 986, Copacabana, tel. 2521-5143.

stalos1.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Bar Cervantes

Patrimônio boêmio da cidade, é famoso pelo horário de funcionamento elástico (até às seis da manhã às sextas e sábados) e pelo variado cardápio de sanduíches. Com recheio farto, todos os sabores, sem exceção, podem levar abacaxi.

Avenida Prado Júnior, 335, loja B, Copacabana, tel. 2275-6147/2542-9287.

cervantes-divulga.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Galeto Sat's

A carta de cachaças com mais de 150 rótulos e o chope Brahma ficam disponíveis aos notívagos até às 4h da manhã na casa vizinha ao Cervantes. Para matar a fome na madrugada, recomenda-se o famoso galeto da casa. São boas pedidas também o pão de alho e a porção de coração de galinha.

Rua Barata Ribeiro, 7, loja D, Copacabana, tel. 2275-6197.

galero-divulgacao.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Nova Capela

Tombado como patrimônio cultural pela prefeitura no fim de 2011, ao lado de outros dez bares da cidade, é destino certo para a saideira na Lapa. Nas mesas, quase todo mundo pede chope Brahma e, para beliscar, o robusto e sequinho bolinho de bacalhau. A casa fica aberta até as 4h às sextas e sábado, podendo estender um pouco o horário de acordo com o movimento.

Rua Mem de Sá, 96, Lapa, tel. 2252-6228.

nova-capela-selmy.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Seu Bar

Na movimentada Avenida Olegário Maciel, o espaço é o point de saideira entre os moradores da Barra. Além do chope Brahma, também é possível escolher cascos gelados de Original e Bohemia. O horário de funcionamento de sexta a domingo é até as 3h da manhã, mas a casa costuma permanecer aberta até o último cliente deixar o local nos fins de semana.

Avenida Olegário Maciel, 175, lojas B e D, Barra, tel. 3495-7762.

seu-bar-lemos-carrossel.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Fonte: VEJA RIO