BARES

Boteco universal

Novo negócio dos donos da Osteria dell'Angolo, Bacaro do Lido oferece quitutes de múltiplos sotaques

Por: Rafael Sento Sé - Atualizado em

BEBIDAS ✪✪✪ | AMBIENTE ✪✪✪ | COZINHA ✪✪✪✪

roteiro-bares-abre.jpg
(Foto: Redação Veja rio)

Na Osteria dell'Angolo, conhecida pelos seus antepastos e pães artesanais, a inspiração dos proprietários, Luciano Pessina e Alessandro Cucco, veio das cantinas italianas. Desta vez, para montar o novo estabelecimento, a dupla bebeu em outra fonte: o equivalente dos bacaros, os botequins de Veneza. Instalado numa loja estreita no térreo de um dos prédios art déco do Lido - trecho da cidade que, diga-se, merecia ser mais bem cuidado -, o bar tem belos ladrilhos hidráulicos nas paredes, no piso e no balcão. Postas de peixes crus ficam expostas numa vitrine, o que, à primeira vista, remete a um restaurante japonês. Mas não. Ali são preparadas algumas das especialidades da casa, que se destaca por seu cardápio multicultural, principalmente na parte comestível.

Quitutes típicos da cozinha mexicana, como o saborosíssimo guacamole (R$ 16,00 a porção acompanhada de pães), dividem o espaço com receitas peruanas, a exemplo do ceviche de peixe-branco, temperado no ponto certo (R$ 26,00 a taça). A mais curiosa das criações, no entanto, é o hot bacaro (R$ 18,00, oito unidades), uma releitura do hot filadélfia. Sem arroz nem alga, os rolinhos são recheados de camarão empanado envoltos em mussarela de búfala.

Para beber, há opções de vinhos verdes, tintos e rosés. Porém, o mais apropriado para o ambiente bem descontraído do local é o correto espumante Alto Vales (R$ 10,00 a taça). Também é possível bebericar cerveja Budweiser (R$ 7,00 a long neck) ou uma caipirinha de limão (R$ 12,00) preparada como deve ser.

Bacaro do Lido (28 lugares). Rua Ronald de Carvalho, 21, loja A, Copacabana, ☎ 2295-9887. 11h/0h (sex. e sáb. até 1h). Cc: todos. Cd: todos. Aberto em 2011.

Fonte: VEJA RIO