NOITE

Noite

Confira as festas que são destaque na programação noturna desta semana

Por: Rafael Cavalieri

Arraiá do Jonas

Lá do alto, a vista do Hotel Mirante do Arvrão já vale o ingresso. Não se deixe enganar pelo nome, ou pela recomendação para todo mundo ir fantasiado: em vez de música típica e quadrilha, o agito é embalado por indie rock e sucessos da década de 90.

Hotel Mirante do Arvrão. Rua Armando de Almeida Lima, 8, Arvrão, Vidigal. Sexta (18), 23h. R$ 80,00 (mulheres, 1º lote) e R$ 100,00 (homens, 1º lote). www.woowzone.com.br.

Jazz Ahead

A festa dedicada ao jazz acontece pela primeira vez na casa de espetáculos da Lagoa. O show da noite será realizado por um quarteto comandado pelo baterista Tuto Ferraz. Antes e depois da música ao vivo, os DJs Gustavo MM, Nado Leal, MBgroove e o VJ Nelson Porto cuidam de entreter o público. Juntos, homenageiam lendas da bateria de jazz como Elvin Jones, Tony Williams e Jack DeJohnette.

Miranda. Avenida Borges de Medeiros, 1424 (2º piso), Lagoa, ☎ 2239-0305. Sábado (19), 22h. R$ 70,00. Bilheteria: 12h/18h (seg.); 12h/21h (ter. a sex.); a partir das 12h (sáb.). www.ingresso.com.

Manie Dansante

Com clima vintage, a noitada ganha uma edição de despedida do Brasil antes de cumprir agenda por cidades da Europa. Com decoração de circo, que inclui a tradicional lona, os DJs residentes Juca e Rodrigo Esper tiram dos pickups músicas das décadas de 20 a 50 com batidas atuais.

Clube Santa Luzia. Avenida Almirante Silvio de Noronha, 300, Centro. Sábado (19), 23h. R$ 60,00. www.woowzone.com.br.

Space Tour

Após escalas realizadas em Salvador e Aracaju, a festa de música eletrônica chega ao Rio. A atração principal da noite é Jesus Luz. O ex-namorado da cantora Madonna faz parte do line-up, ao lado de nomes como Enrico Masiero, Renata Dias, Motta e o duo Double Impact.

021. Avenida Armando Lombardi, 583, Barra da Tijuca. Informações, ☎ 2491-8587 e 3153-8818. Terça (15), 22h. R$ 40,00 (mulheres até 23h), R$ 60,00 (homens até 23h e mulheres depois de 23h) e R$ 80,00 (homens depois de 23h).

Fonte: VEJA RIO