SHOW

Justin Bieber estreia no Engenhão

VEJA Rio mostra em detalhes como foi a apresentação do astro teen nesta quarta (5) no Rio. Mesmo recheada de playbacks, ela empolgou

por Daniela Pessoa | 05/10/2011 01:27

Justin Bieber no Rio

O cantor, no palco do Engenhão, abre a turnê brasileira: Love Me foi a primeira música (Foto: VEJA / AgNews / Felipe Panfili)

Quando Justin Bieber surgiu no palco do Engenhão nesta quarta (5), pontualmente às 20h (meia hora antes do combinado, e com direito a contagem regressiva de 15 minutos no telão), a única coisa que se ouvia era a gritaria das cerca de 40 000 pessoas presentes no estádio. O cantor canadense abriu sua primeira turnê no Brasil, My World Tour, com as músicas Love Me e Bigger, levando os adolescentes ao delírio. De óculos escuros e look todo branco - inclusive casaco esportivo bordado com seu nome nas costas - Bieber empolgou a plateia apesar do nítido playback usado em certas canções que exigiam mais esforço físico por causa da coreografia. Confira agora os melhores momentos do show de uma hora e meia de duração (teve até música inédita), e aproveite a palhinha do que está por vir na segunda apresentação no Rio e nas próximas em São Paulo e Porto Alegre.

"Bem-vindos ao meu mundo". As palavras de Bieber ecoaram no Engenhão logo após cantar as duas músicas de abertura acompanhado pelos dançarinos. "Como vocês sabem, fui descoberto no Youtube, e quem mais me apoiava na Internet eram os brasileiros. Vocês são os melhores fãs, e por isso vou fazer de tudo para agradar vocês nesta noite. Porque se vocês sorriem, eu sorrio", continuou o astro, conquistando o público e criando a deixa para o próximo hit que fez a plateia mais chorar de emoção do que sorrir: U Smile.


LEIA MAIS: Conheça aqui o esquema de trânsito para o show de Justin Bieber no Engenhão

A apresentação teve pouca troca de figurino, mas foi toda entremeada por vídeos sobre a vida pessoal e artística do cantor. As cenas que mais arrancaram suspiro (e lágrimas) da plateia foram quando o mini Bieber, aparentando uns cinco anos de idade, apareceu tocando instrumentos e dizendo "Quero aparecer na TV". Mas os melhores momentos do show foram aqueles em que o astro usou sua própria voz, e o talento para tocar instrumentos. Ao violão, ele cantou Never Let You Go e My Favourite Girl, surpreendendo os fãs quando jogou em direção a eles a palheta que havia acabado de usar. Mais tarde seria a vez de Down to Earth ao piano e Walk This Way, clássico da banda Aerosmith, na bateria.

Outro momento marcante foi quando uma fã foi convidada para subir no palco durante a canção One Less Lonely Girl. Enquanto a multidão erguia cartazes vermelhos em formato de coração, a sortuda recebia rosas vermelhas do canadense, com direito a música sussurrada ao pé do ouvido, um abraço apertado e até carinho no rosto. A namorada do cantor, Selena Gomez, acompanhou tudo do backstage.

Justin Bieber também fez a multidão (inclusive os pais) pular com o hit Somebody To Love, além de outros sucessos como Eenie Meniee, That Should Be Me, One Time, Runaway Love e Never Say Never - este último, que faz parte da trilha sonora do remake do filme Karate Kid, foi cantado ao lado de dançarinos vestidos de ninjas. E ainda teve um canto à capela dos backing vocals da banda, que escolheram um pout-pourri de músicas para interpretar, como Last Friday Night, de Katy Perry. Aliás, os caras também foram descobertos no Youtube, e pelo próprio Bieber.

No finalzinho do show, o cover de Michael Jackson, com direito a moonwalk, não convenceu muito os fãs, que ainda aguardavam o hit Baby. Antes de cantá-lo, Bieber apresentou ainda uma música inédita, Mistletoe, do novo álbum que será lançado no dia 1º de novembro, e chamou também o lutador Anderson Silva, de quem é fã, ao palco. Após a entrega de presentes (Bieber ganhou bandeira do Brasil e camiseta do Rio), chegou finalmente a vez dela que é uma das músicas mais esperadas, Baby. A canção encerrou o show junto com uma chuva de papel picado, serpentina, e fãs com gostinho de quero mais.


Mais shows


Justin Bieber volta ao Engenhão para mais um show nesta quinta (6). No sábado (8) e no domingo (9) ele se apresenta em São Paulo. O último show acontece em Porto Alegre na segunda (10).

Quem ainda vai?