COTIDIANO

Yoga quente

Praticada em sala aquecida a 40ºC, a bikram yoga se tornou queridinha de celebridades em busca de corpo sarado e mente relaxada. Uma boa pedida para os dias mais frescos do outono-inverno

por Daniela Pessoa | 20/05/2013 16:21

 

Mesmo quem está acostumado ao calor carioca vai suar em bicas com a nova modalidade de yoga queridinha de celebridades internacionais como Madonna, Jennifer Aniston, Lady Gaga, George Clooney e Daniel Craig. E a intenção da bikram yoga é mesmo essa. Também conhecia como hot yoga, ela é praticada numa sala cujo termômetro varia entre 40 e 42ºC e ajuda a eliminar 1000 calorias em 90 minutos, o equivalente a uma aula de spinning. Por aqui, a atriz e apresentadora Daniele Susuki, que escolheu a atividade para voltar à forma depois da gravidez, é uma das mais recentes adeptas de olho no poder emagrecedor e modelador da técnica. E os benefícios vão além.

A fórmula de sucesso surgiu nos Estados Unidos, nos anos 60, quando o indiano Bikram Choudhury começou a dar aulas em um estúdio em Los Angeles, na Califórnia. O guru desenvolveu a terapia para curar uma contusão que teve no joelho. A sala aquecida com umidade entre 40% e 60% imita as condições climáticas da Índia, onde a yoga surgiu, e, além de ajudar a desinchar o corpo, acelera o metabolismo, relaxa a musculatura e a mente. Guiadas pelos professores, as posições executadas ajudam a melhorar o condicionamento físico, a flexibilidade, o equilíbrio, a definir os músculos e aumentar a capacidade de concentração. Se for praticada com regularidade, pelo menos três vezes por semana, a yoga quente auxilia ainda no combate a doenças como artrite, asma, bronquite, insônia e depressão.

Não há limite de idade ou restrição de sexo. Todo mundo pode praticar, inclusive quem tem lesões no joelho, coluna ou pescoço, uma vez que a atividade é de baixo impacto. O importante é obedecer aos limites do próprio corpo, tomar bastante líquido antes, durante e depois das aulas para se manter hidratado e ingerir alimentos ricos em potássio, cálcio e magnésio após, para que a perda intensa de sais minerais através do suor não desequilibre o organismo. Antes de começar qualquer atividade física, no entanto, é aconselhável consultar um médico e se submeter a um check-up completo. Devido à temperatura elevada das aulas de bikram yoga, mulheres grávidas, com pressão baixa ou problemas de coração devem ter cautela ao optar pela modalidade.

Onde praticar:

Bikram Yoga Brasil. Avenida das Américas 10200, loja 15, Shopping Map Barra, Barra, tel. 3325-7640.

Bikram Yoga Rio. Rua Bartolomeu Portela, 25, bloco A, loja E, Botafogo, tel. 3247-5471.

Leia mais