DECORAÇÃO

Onde comprar flores no Rio

Uma lista de floriculturas, lojas e mercados para você deixar a casa no clima da primavera. Conheça ainda as melhores espécies e os truques para manter o lar sempre florido

por Louise Peres | 22/09/2012 11:56




Em uma cidade onde o calor castiga antes do ameno inverno terminar, a primavera poderia facilmente passar despercebida. Mas, junto com a chegada de temperaturas elevadas, o mês de setembro marca a época em que o Rio fica mais florido. E se a estação é das flores, por que não levar o clima campestre e leve para os cômodos e ambientes da sua casa? Para incentivar você a decorar ambientes com belos arranjos naturais, listamos dez opções de lojas especializadas, floriculturas e mercados, como o Cadeg, em Benfica. Conte ainda com as dicas da florista e decoradora Suzana Milman, que aponta as espécies mais indicadas para a época, os tipos com melhor custo-benefício e os cuidados para fazê-las durar mais.


1 – DOS TRÓPICOS
A época é perfeita para apostar nas flores tropicais, abundantes nos períodos em que a temperatura sobe no país. Helicônia e a strelitzia são os principais exemplares, e rendem belos arranjos quando combinadas. “São belíssimas, porém grandes. Vale para quem quer montar enfeites maiores”, explica Suzana Milman. Quem quiser flores mais delicadas pode apostar na boca de leão ou nas orquídeas.


2 – O PERFUME

Além do lado estético, Suzana valoriza o aroma das flores. E sugere os melhores tipos para deixar a casa perfumada. “Gosto do cheirinho agradável do lírio ou da própria rosa. As frésias também são flores bastante cheirosas”, diz.

3 – BONITAS E BARATAS
As flores do campo vencem nesta categoria. “São super bonitas, fáceis de encontrar e de combinar”, destaca a florista. Dica: por mais que seja tentador, não misture tantas flores diferentes. “Tem gente que enche o arranjo de chuva de prata (galhos com pequeninas flores brancas). É desnecessário, fica over. Apenas a chuva de prata sozinha já rende um enfeite lindo!”, ensina Suzana.

4 – PARA DURAR
Entre as flores mais duráveis, Suzana Milman destaca a astromélia. “É linda, durável e delicada. Dá pra fazer arranjos menores, com uma durabilidade boa, e uma variedade de cores incrível”, diz. Os lírios também duram bem, assim como as flores tropicais.

 



5 – LIMPE!

Para fazer seu arranjo durar, troque sempre a água. Antes de devolver as flores ao vaso, limpe bem o recipiente com sabão. Na água nova, adicione um pouquinho de água sanitária ou cloro para aumentar a durabilidade das flores. E nunca deixe o cabo com folhas: submersas, elas apodrecem e estragam a planta.

6 – EM ALTA
A flor do momento, segundo Suzana, é a esporinha – um tipo que, à primeira vista, se parece com a lavanda. “Ela é linda, mas não é muito resistente”, afirma Suzana. A flor pode ser encontrada até nas feiras de rua. Com o período de chuvas, outra variedade deve aparecer nas floriculturas com um ótimo custo-benefício: o copo-de-leite. “Há uma grande produção dessas flores na cor branca aqui no do Rio, o que as torna mais baratas”, explica.





Ficou com vontade de florir a casa? Veja onde encontrar matéria-prima para seus arranjos!


1 – Chico Faria Flores
Tradicional florista do Cadeg, em Benfica, há 19 anos abastece o mercado de flores da cidade, servindo a decoradores e lojas do Rio. A variedade de espécies é enorme. Há desde plantas ornamentais até orquídeas, rosas, lírios e artigos para floricultura. Por trabalhar com preços de atacado, tem ofertas bem atrativas. A época torna os valores ainda melhores: o ramo de 12 unidades de lírio cai de R$ 30,00 para R$ 15,00. As rosas, produzidas em Nova Friburgo, custam apenas R$ 10,00 cada pacote com 60 unidades – uma pechincha diante dos preços de floriculturas da Zona Sul ou mesmo do Centro. A cooperativa de Holambra, em São Paulo, fornece para a loja um tipo de rosas mais refinadas, que custam a partir de R$ 20,00 (pacote com 20 unidades). Já as importadas, equatorianas, saem por R$ 55,00 (pacote com 25 unidades).

Rua Capitão Félix, 110 - Pça. Geral - Lojas 13/14, Cadeg, Benfica, tel. 3890-3577/3890-3034. http://www.chicofariaflores.com.br/

2 – Papoula Plantas
Desde 1999 no Cadeg, a loja trabalha com atacado e varejo vendendo flores cortadas, já prontas para a montagem de arranjos. Rosas brasileiras selecionadas custam R$ 14,00 (20 unidades). Há orquídeas de preços variados: a do gênero dendrobium custa R$ 10,00 (o vasinho). A mais cara, do tipo vanda, custa de R$ 100,00 a R$ 120,00.

Rua Capitão Félix, 110 – Rua 17, loja 17, tel. 3860-8478. Terça a sexta, 8h às 23h. Sábado, 8h às 15h.

3 – Boutique A Rosa de Saron

O quiosque fica na esquina da Siqueira Campos com Barata Ribeiro. Vende begônias (R$ 35,00, o vasinho), lírios (R$ 35,00, vaso com três galhos). Há orquídeas por R$ 85,00, e as flores do campo saem por R$ 30,00 (o buquê). A dúzia da gérbera está na faixa dos R$ 50,00. Os buquês de rosas custam R$ 45,00 cada.

Rua Siqueira Campos , 50 - Quiosque em frente ao numero 50 Copacabana, tel. 2549-4625 / 9384-3209. Segunda a sexta, 8h às 22h. Sábados e domingos, 8h às 18h.

4 – Camélia Flores

Uma das mais famosas floriculturas da cidade, a loja fica no Mercado de Flores do Centro, na Praça Olavo Bilac. As flores do campo tem a cara da primavera e já estão em abundância por lá – margaridas, lírios e girassóis – assim como flores nobres, a exemplo da gérbera (R$ 70,00 a R$ 90,00 o buquê). O de flores campestres varia de R$ 60,00 a R$ 70,00. O girassol decorado, plantado no vaso, sai por R$ 55,00.

Rua do Rosário, 164 – Centro, tel. 2224-9966. Segunda a sexta, 7h às 19h. Sábados de 8h às 14h. Domingo apenas entregas.

5 – Simone Flores

A loja vende arranjos e buquês . A gérbera custa R$ 6,00(a unidade), e a astromélia sai por R$ 5,00 (o galho, com várias flores). Cada galho de lírio, com três flores, sai por R$ 15,00 (branco ou rosa) ou R$ 12,00 (laranja ou amarelo) 12,00. No vaso de vidro, a mesma planta sai por R$ 80,00.

Avenida Nossa Senhora de Copacabana 1313-B, Copacabana, tel. 2267-4396 / 2513-2558 / 2523-0520. Segunda a sexta, 8h às 19h, sábado 8h às 13h.




6 – A Florista Flores

Astromélias e rosas estão entre que mais saem. O arranjo sai por R$ 50,00 (pequeno); R$ 70,00 (médio) e R$120,00 (grande). Boca-de-leão e gérberas, que começam a chegar em maior quantidade têm bom custo benefício.

Praça Olavo Bilac, loja 31, tel. 2252-7521. Segunda a sexta 8h às 19h.

7 – Riqueza da Flores

Na Cobal do Leblon, a loja comercializa flores já cortadas, utilizadas para todo tipo de arranjos. Orquídeas são o destaque, custando a partir de R$ 25,00. As mais nobres – e caras – chegam a durar 60 dias. Um belo buquê de flores do campo sai por R$ 30,00.

Rua Gilberto Cardoso, s/n° - Loja 7 e 8, Mercado da Cobal, Leblon, tel. 2249-9213 / 2511-4027. Segunda a sábado, de 7h às 18h. Domingos, de 7h às 13h. http://www.riquezadasflores.com.br/

8 – A Mimosa Flores

A pequena loja no Mercado das Flores, na Praça Olavo Bilac, tem as rosas como o carro-chefe. O buquê custa entre R$ 40,00 e R$ 50,00.

Rua do Rosário, 164, loja 28 - Mercado das Flores, Centro. http://www.amimosaflores.com.br/

9 – Flora Santa Clara
O buquê de rosas comuns, com doze unidades e folhagens, sai por R$ 80,00. Já as rosas colombianas, maiores, são abertas na mão e custam R$ 180,00 (a dúzia). Há ainda arranjos de flores tropicais (a partir de R$ 70,00), como lírios, antúrios e orquídeas.

Rua Barata Ribeiro, 522, Copacabana, tel. 2549-4591/2548-6622. Segunda a sábado 7h30 às 21h; domingos e feriados 7h30 às 15h30. http://shoppingdasflores.com.br/

10 – Boutique Flores de Ipanema
Na Farme de Amoedo, a loja comercializa rosas (R$ 50,00 a dúzia), flores do campo (buquês a partir de R$ 35,00) e arranjos de lírios (a partir de R$ 45,00). O preço das orquídeas começa em R$ 120,00.

Rua Farme de Amoedo, 87, loja C, tel. 2287-2525/2267-0923. Segunda a sexta, de 7h às 20h; sábado de 7h às 19h; domingo, 7h às 12h.