MODA

Body: como usar

Aprenda a usar com elegância a peça que está fazendo a cabeça das cariocas neste verão. Veja o certo e o errado na hora de usar o body

por Louise Peres | 28/01/2014 11:26



Ele tomou conta das araras, vitrines e das ruas. É a peça queridinha da estação, a julgar pela adesão em peso da mulherada. Após alguns ensaios tímidos nos últimos verões, o body finalmente emplacou e virou peça desejo das cariocas, seja liso, estampado, decotado nas costas ou no busto. Antes de adotar a tendência, no entanto, é preciso tomar alguns cuidados para não cometer deslizes. Não adianta: a peça não é para qualquer uma. Para encarar esses modelos justíssimos, onde qualquer gordurinha fica evidente, é preciso estar com a malhação em dia. "A primeira coisa antes de optar por um body é: ter corpo para isso. E não estou falando das supermagras, modelos de passarela. Estou me referindo a pessoas com um corpo curvilíneo, típico das brasileiras, mas que não tenham nada sobrando ou fora do lugar", avalia a consultora de moda Regina Martelli, que lembra de ter usado muito a peça nos anos 70. "Usávamos muito os collants por baixo da roupa, em sobreposições. É uma peça muito versátil, que existe há praticamente um século no guarda-roupa das mulheres", diz.

Se você está tentada a adquirir um para chamar de seu, veja abaixo as dicas para acertar na produção. Se já aderiu ao modismo , confira também e saiba se está fazendo bonito ao desfilar o hit deste verão por aí.

EQUILÍBRIO SEMPRE
"É o jogo que sempre funciona na moda: justo em cima, folgado embaixo; folgado em cima, justo embaixo. Nunca tudo em uma proporção só", ensina Regina Martelli. No caso do body, uma peça justa, dê preferência a pares mais folgadas na parte de baixo. Pantalonas e saias longas caem bem e produzem um resultado elegante. Se quiser encurtar os comprimentos, opte por sainhas rodadas e shorts mais larguinhos, estilo alfaiataria. "Skinny nem pensar", avisa a consultora.



OLHA A MANGA
No corpo, o efeito das mangas longas é elegante e sexy, já que as peças compensam os braços cobertos com um belo decote nas costas. Que o diga Patrícia, personagem de Maria Casadevall em Amor à Vida, que vive desfilando seus modelitos na novela. Pois bem: a menos que você também vá para os estúdios congelantes do Projac, esqueça a peça. Manga comprida e o calor inclemente que faz no Rio de Janeiro definitivamente não combinam. "As pessoas precisam aprender a usar o bom senso. Só vítimas da moda usam um body de manga longa, super quente, para um pós-praia ou uma festa de fim de tarde", critica a consultora Regina Martelli. Pense duas vezes até mesmo para ir a boates ou eventos climatizados. "Mesmo em locais fechados, com ar condicionado, eventualmente você vai sofrer até chegar lá", alerta ela.




DE QUE COR?
A tonalidade é determinante para o sucesso do look - ninguém quer vestir uma peça super colada ao corpo e parecer uma bailarina das festinhas do colégio ou mesmo correr o risco de ficar apagada com a peça. "Se você tem pele clarinha e olhos claros, privilegie os tons de verde, rosa, roxos do lilás ao violeta, vermelho escuro e cinza. Seu cabelo é escuro? Azuis intensos, vermelhos, rosas vivos , verde cáqui e preto são boas apostas. Morenas e negras fazem bonito com tons de azul, verde garrafa, nuances de rosa, preto e cinza", sugere Julia Galindo, diretora de estilo da Gaoli Beach Couture.

A MODELAGEM PERFEITA
Não escolha qualquer modelo. Decotes frontais e recortes nas costas devem ser levados em consideração. "Os bodys com decote profundo nas costas são liberados para as super magrinhas, que não tem nada a esconder. Já quem tem pescoço curto, por exemplo, pode usar body com decote arredondado, ou em v, que alonga", dá a dica Julia Galindo.



CUIDADO COM A ESTAMPA
Estampas menores causam um efeito ótico que dão a sensação de emagrecer. "Mesmo para quem está com corpo super em forma, é um ótimo recurso. As estampas maiores tendem a engordar, alargam o abdômem", justifica Julia Galindo. Se quiser um visual moderno e descolado, misture estampas. "Uma peça florida fica legal com um short de listras finas, ou uma sainha de bolas preta com branco. Geométricos e gráficos com florais coloridos sempre dão um contraste legal.

Leia mais