Textos de Joaquim Manuel de Macedo inspiram mostra

Textos publicados pelo autor na imprensa carioca por volta de 1860 inspiram a exposição <em>Um Passeio pelo Rio</em>

 

Embora tenha ficado mais conhecido do grande público por seu romance de estreia, A Moreninha, de 1844, Joaquim Manuel de Macedo (1820-1882) também foi um ativo cronista, cuja pena se voltou com frequência para assuntos ligados ao Rio. Textos publicados pelo autor na imprensa carioca por volta de 1860 inspiram a exposição Um Passeio pelo Rio — A Cidade nas Andanças de Joaquim Manuel de Macedo, que o Instituto Moreira Salles abre no sábado (24). Cerca de cinquenta obras, entre desenhos, aquarelas e gravuras, compõem a mostra. Pertencentes ao acervo de iconografia do IMS, os trabalhos retratam a cidade em meados do século XIX. No acervo encontram-se paisagens cariocas de outrora, a exemplo da litografia do francês Alfred Martinet, feita a partir de daguerreótipo de autor desconhecido, que mostra a vista do alto do extinto Morro do Castelo.Instituto Moreira Salles.

Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, ☎ 3284-7400 e 3206-2500. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Estac. grátis. Visitas guiadas quinta e sexta, às 17h. Até 12 de abril. A partir de sábado (24).

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s