Taxa para entrar em Ilha Grande pode começar a ser cobrada em 2016

Medida seguirá os mesmos moldes do que ocorre em Fernando de Noronha

Como mostrou VEJA RIO um matéria de capa publicada em abril, a Ilha Grande sofre com acelerado processo de degradação ambiental. Sem nenhum tipo de controle, a visitação cresce de forma exponencial e já chega a 20.000 visitantes por fim de semana. Para tentar solucionar tal problema, o governo estuda implementar uma PPP (parceria público-privada), a fim de preservar o local.  

A medida, que se aplicaria nos mesmos moldes do que ocorre no arquipélago de Fernando de Noronha, está sendo desenvolvido pela ONG Instituto Semeia, que recebeu R$ 2 milhões do Fundo Mata Atlântica do Rio para desenvolver o projeto. A previsão da Secretaria Estadual de Meio Ambiente é que possa ser colocado em prática no início do ano que vem.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s