Pesquisa mostra os efeitos dos treinos em jejum

Levantamento feito no Reino Unido comparou os efeitos da malhação sem comida e de estômago cheio sobre dois genes presentes no tecido gorduroso

Os polêmicos treinos com a barriga vazia foram alvo de um estudo conduzido por pesquisadores da Universidade de Bath, no Reino Unido. Recém-publicado, o levantamento comparou os efeitos da malhação em jejum e de estômago cheio sobre dois genes presentes no tecido gorduroso. Após voluntários com excesso de peso e sedentários serem postos para andar sem comer e duas horas após ingerirem um café da manhã com 600 calorias, a análise laboratorial de amostras do sangue e do tecido adiposo deles mostrou que a gordura estocada foi mais usada no primeiro caso. Ou seja, os pesquisadores concluíram que, após a farta refeição, o organismo prefere metabolizar a energia dos carboidratos. “Eles acabam se tornando uma fonte rápida de energia para as células, o que não acontece no estado de jejum, quando a gordura acaba sendo o combustível para a atividade física”, explica o clínico e nutrólogo Alberto Serfaty.

Veja também

+ Aula para mães entrarem em forma usa até carrinho do bebê

+ Site mostra cotação de preços de medicamentos no Rio

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s