Uma peça com sotaque

Espetáculo português, O Príncipe Feliz é a única atração para os pequenos no Festlip

Idealizado pela atriz e produtora Tânia Pires, o Festival Internacional de Teatro da Língua Portuguesa (Festlip) surgiu em 2008 com a proposta de unir por meio das artes países que compartilham esse mesmo idioma. A partir de quarta (27), o evento segue para a sexta edição, espalhando peças, palestras, exposições, oficinas, shows e mostras pela cidade. Novidade deste ano, o Festlipinho, parte da programação dedicada aos pequenos, apresenta O Príncipe Feliz, peça da companhia portuguesa Magia e Fantasia. O espetáculo, com sessões gratuitas na sexta (29), no Morro de São Carlos, e no domingo (31), no Parque Lage, aborda o relacionamento entre uma andorinha (Mônica Cunha) e a estátua do príncipe do título (Paulo Lage). Criado sem conhecer as tristezas do mundo, ele passa a ter contato com a realidade após ser transformado em uma escultura de pedra. Direção de Paulo Lage (45min). Rec. a partir de 5 anos.

Morro de São Carlos (300 lugares). Rua União, 58, Estácio. Sexta (29), 16h. Grátis. Parque Lage

(80 lugares). Rua Jardim Botânico, 414, Jardim Botânico. Domingo (31), 16h. Grátis.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s