Museu Internacional de Arte Naif encerra as atividades em dezembro

Anúncio foi realizado pela diretora, que atribui decisão à falta de verba

Passados quatro anos desde a sua reabertura, em abril de 2012, o Museu Internacional de Arte Naïf fecha as portas novamente, desta vez por falta de verbas. A diretora Jacqueline Finkelstein fez o anúncio no final da tarde de segunda (1º) em uma carta direcionada aos amigos do espaço, após se reunir com o corpo de funcionários. Apesar do baixo custo, o espaço no Cosme Velho se mantinha, dentre outras fontes de renda (bilheteria, lojinha e projetos específicos de sucesso, como o Naïf para Nenéns), com a verba de editais e projetos. 

“Apesar do reconhecimento do nosso trabalho, a dura realidade volta à tona. Acredito que, em um breve futuro, os órgãos governamentais devolvam à cidade do Rio de Janeiro este valioso patrimônio cultural”, lamenta. Na próxima terça (6), ela terá uma reunião com a Secretaria de Município para possíveis desdobramentos.

Fundado em 1985 e aberto em 1995 por Lucien Finkelstein (1931-2008), francês apaixonado pelo Rio e pai de Jacqueline, o MIAN conta com um acervo de 6 000 obras e mais de 100 exposições realizadas. Também levou suas telas para importantes apresentações em países como Suíça, França, Estados Unidos e Chile. Entre as mostras mais relevantes, Jacqueline destaca Rota Naïf Contemporêneo, que abordou o panorama dos artistas naïf brasileiros da atualidade, de 2005 até 2014; e Jogando com as Cores Naïf, inspirada nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos. O museu tambémapresenta uma exposição permanente chamada Brasil, 5 Séculos, que retrata fatos e acontecimentos históricos significativos desde a chegada dos Portugueses até a inauguração de Brasília, utilizando uma linha do tempo sobre esses eventos numa única tela de 24 metros de comprimento (a maior tela do mundo no gênero naïf).

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s