A queridinha da França

Léa Seydoux fará 28 anos no dia 1º de julho. Atual queridinha do cinema francês, a atriz causou sensação no último Festival de Cannes, em maio, como protagonista do romance lésbico A Vida de Adèle, vencedor da Palma de Ouro. Léa já atuou sob a direção de cineastas badalados, a exemplo de Christophe Honoré (A Bela Junie), Ridley Scott (Robin Hood) e Woody Allen (Meia-Noite em Paris). Em Adeus, Minha Rainha, a estrela acaba sendo o encanto deste drama de época ambientado em 1789, às vésperas da Revolução Francesa. Sidonie Laborde, sua personagem, é uma serviçal de Maria Antonieta (Diane Kruger) cujo trabalho consiste em ler livros para a soberana no Palácio de Versalhes. Contudo, notícias vindas de Paris dão conta de uma rebelião popular, que dará à rainha um destino trágico. Sob o ponto de vista de Sidonie, o roteiro abre mão da fidelidade histórica para buscar no intimismo da protagonista solitária uma frágil trama fantasiosa.

✪✪ Adeus, Minha Rainha, de Benoît Jacquot (Les Adieux à la Reine, França/Espanha, 2012, 100min). 14 anos. Estreou em 21/6/2013. Cine Candido Mendes, Cine Santa Teresa, Estação Botafogo 3, Estação Vivo Gávea 1.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s