Violência de videogame

Uma absurda vingança move De Volta ao Jogo

 

Há pelo menos uma década Keanu Reeves tenta emplacar um sucesso no cinema. Não tem sido fácil. Aos 50 anos, completados em setembro, o astro de Matrix estrela, em De Volta ao Jogo, uma trama chinfrim. Sem êxito, o estilo visual do diretor estreante (e dublê) Chad Stahelski tenta domar a mesmice da história. Reeves interpreta John Wick, viúvo recente e matador de aluguel aposentado. Quando o filho de seu ex-patrão mata seu cachorro de estimação, ele vira uma fera e, de posse de armas poderosas e golpes de artes marciais, vai em busca de vingança. A história se resume a isso: uma revanche prolongada em cenas de violência ultrajante e assassinatos risíveis embalados por trilha sonora de balada moderninha. Embora tenha momentos de humor, o filme, com seu protagonista de cara amarrada, se leva a sério. Caso fosse um game, teria, ao menos, um motivo para chegar ao cinema. Só que não.  ✪ De Volta ao Jogo, de Chad Stahelski (John Wick, EUA/Canadá/China, 2014, 101min). 16 anos. Estreou em 27/11/2014. 

 

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s