Drama Casa da Morte retrata ditadura

Espetáculo aproxima da realidade brasileira texto escrito em referência à ditadura chilena

AVALIAÇÃO ✪✪✪

Entre 1973 e 1990, a ditadura comandada pelo general Augusto Pinochet deixou cerca de 3000 mortos ou desaparecidos no Chile. Uma das vítimas, a jovem marxista Colorina está no centro do drama Tejas Verdes, do dramaturgo espanhol Fermín Cabal. No ano do cinquentenário do golpe militar brasileiro, a companhia Teatro do Pequeno Gesto encena uma pertinente adaptação do texto, batizada de Casa da Morte. Com dramaturgia de Fátima Saadi e direção de Antonio Guedes, a montagem apaga referências ao Chile presentes no texto original. Associada à mudança do nome da personagem para Canarinho, essa opção aproxima a obra da nossa realidade. Valorizado por projeções e sonoplastia, o cenário de Doris Rollemberg sugere uma sala de tortura. De cara limpa, em figurinos escuros e neutros, Fernanda Maia, Marcos França e Priscila Amorim interpretam com galhardia personagens envolvidos na história de Canarinho, além da própria. A peça, estruturada em monólogos nos quais o elenco parece depor para a plateia, reforça um caráter memorialista (60min). 14 anos. Estreou em 8/8/2014.

Espaço Sesc – Sala Multiuso (50 lugares). Rua Domingos Ferreira, 160, Copacabana, ☎ 2548-1088. → Sexta e sábado, 19h; domingo, 18h. R$ 20,00. Bilheteria: a partir das 15h (sex. a dom.). Até domingo (31).

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s