Atrações gratuitas para curtir o fim de semana

Um guia com programas para se divertir sem gastar dinheiro, com espetáculos, exposições, eventos e outras atrações

Museu do Amanhã

Museu do Amanhã

Museu do Amanhã (Felipe Fittipaldi/Veja Rio)

O Museu do Amanhã promoverá, no próximo sábado (15), uma série de atividades em comemoração ao primeiro aniversário do projeto NOZ – Amigos do Amanhã, programa para engajar pessoas interessadas em contribuir com educação e cultura. O destaque fica por conta do lançamento da ‘Horta do Amanhã’, onde serão ministradas oficinas gratuitas para a formação da horta. Além disso, os visitantes poderão participar de oficinas de compostagem e Suco Vivo, de um workshop de transformação do pallet e do Clube de Leitura, que tem o objetivo de desenvolver atividades educativas com temas de livros voltados para sustentabilidade, conhecimento, convivência e inovação. Confira a programação completa no site.

Detetives do Prédio Azul

(Divulgação/Divulgação)

Mistérios da série Detetives do Prédio Azul deixam a tela para ocupar o Via Parque a partir de sexta (14). No espaço interativo de 70 metros quadrados, crianças de 4 a 10 anos são convidadas a concluir tarefas usando capa, binóculo, lanterna e lupa. Antes, neste sábado (8), às 10h30, o shopping recebe os atores Pedro Henrique Motta, Letícia Braga e Anderson Lima (na foto) para a pré-estreia do filme da turma, com lançamento previsto para o dia 20. Avenida Ayrton Senna, 3000, Barra da Tijuca. Segunda a domingo, 14h às 20h30. Grátis (inscrições a partir das 13h).

Clubinho do Ilha Plaza

Todo domingo o Clubinho do shopping Ilha Plaza leva para as crianças que visitam o mall uma atração diferente. Nesta semana, será a vez de ensinar a arte do mosaico. A brincadeira será baseada em criar peças coloridas e divertidas usando a técnica. Além disso, uma rodinha musical com brincadeiras e interatividade faz parte da programação.

Av. Maestro Paulo e Silva, 400 – Ilha do Governador. Domingo (16), 14h às 18h. Grátis.

Museu de Arte do Rio

Museu de Arte do Rio MAR

Museu de Arte do Rio, o MAR (Alexandre Macieira/Riotur)

Sob a gestão do Instituto Odeon, o Museu de Arte do Rio – MAR terá entrada grátis em todos os fins de semana do mês de julho. O público poderá conferir na faixa as exposições Dja Guata Porã, sobre a influência indígena na história do Rio; O Nome do Medo, com figurinos desenvolvidos por crianças para proteger-se de seus medos; Meu Mundo Teu – Alexandre Sequeira, com fotografias de pessoas e convivências em determinadas comunidades; e Dentro, com obras de Waltercio Caldas e Amilcar de Castro, dentre outros. Para mais informações sobre a programação acesse o site

Mostra Mundo Giramundo

(Pedro Motta/Divulgação)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Maior coleção particular de marionetes das Américas, com aproximadamente 1 500 bonecos e objetos de cena, o acervo do Museu Giramundo chega de Belo Horizonte para abastecer uma alentada exposição na Caixa Cultural. A partir de quarta (12), o espaço recebe 130 bonecos confeccionados para as montagens do grupo teatral criado em 1970 pelos artistas plásticos Álvaro Apocalypse, Tereza Veloso e Maria Antonieta Martins. Na programação da Mostra Mundo Giramundo, que ainda conta com desenhos e vídeos, estão previstos workshops gratuitos de manipulação (dia 21, às 15h), além da apresentação do espetáculo Pedro e o Lobo (dias 29 e 30, 16h). Atualmente, o trabalho do Giramundo pode ser visto também na TV: marionetes da trupe contracenam com os bonequeiros representados por Danton Mello e Dani Barros na novela Pega Pega. Caixa Cultural. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro. Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até 27 de agosto.

Face a Face com Grandes Fotógrafos

(Zhong Weixing/Divulgação)

Vik Muniz é um dos artistas renomados flagrados pelas lentes do chinês Zhong Weixing. MHN. Praça Marechal Âncora, s/nº, Centro. Terça a sexta, 10h às 17h30; sábado e domingo, 13h às 17h. R$ 10,00 (grátis aos domingos). Até 16 de julho.

Exposição de Pedroluiss

No sábado (30), o Instituto Cervantes apresenta a exposição Castelos de Luz na Noite Escura, com registros de Renan Cepeda dos castelos medievais espanhóis da região de Castilla y León. As belas imagens foram captadas com a técnica light painting, que consiste em fotografar com velocidade baixa imagens noturnas e inserir luz mediante diferentes técnicas. O contraste entre claro e escuro confere uma poética e cria novas identidades para símbolos do misticismo e do romantismo da península Ibérica. A série já foi premiada pelo Sony World Photography Award.

Instituto Cervantes. Rua Visconde de Ouro Preto, 62, Botafogo. Segunda a sábado, 10h às 19h. Grátis. Até 21 de agosto.

Los Carpinteros

(Los Carpinteros/Divulgação)

Retrospectiva de viés político e bem-humorado. A dupla cubana exibe pinturas, objetos, desenhos e vídeos. CCBB. Rua Primeiro de Março, 66, Centro. Quarta a segunda, 9h às 21h. Grátis. Até 1º de agosto.

Festa Brasileira: Fantasia Feita à Mão

Inspiradas por grandes celebrações folclóricas (como o bumba meu boi, do Maranhão, ou o maracatu rural, de Pernambuco), obras de artesãos de todo o país foram selecionadas para a exposição Festa Brasileira: Fantasia Feita à Mão. Com abertura prevista para terça (20), no Centro Sebrae de Referência do Artesanato Brasileiro (Crab), a mostra apresenta objetos, adereços, máscaras, vestimentas e instrumentos musicais espalhados por nove ambientes. Os destaques incluem um conjunto de pequenas esculturas assinadas por Vitalino Pereira dos Santos, o renomado Mestre Vitalino (1909-1963) — entre elas Casamento a Cavalo (foto). Praça Tiradentes, 69, Centro. Terça a sábado, 10h às 17h. Grátis. Até 28 de outubro.

Exposição Olímpica

(Beto Gatti/Divulgação)

A partir de 23 de junho, Dia Olímpico, o Via Parque vai receber uma série de atrações para celebrar a data que marca a fundação do Comitê Olímpico Internacional (COI), em 1894, e tem por objetivo promover o Olimpismo e o Movimento Olímpico em todo o mundo. Será possível conferir uma exposição com 11 fotografias inéditas, no 2º piso do shopping. São cliques de atletas do Time Brasil, que emocionam o país competindo em suas modalidades, como a que ilustra o sorriso tímido e orgulhoso da judoca e medalhista Rafaela Silva. A exposição poderá ser vista no horário de funcionamento do shopping, de 10h às 22h, de segunda a sábado, e de 13 às 21h, aos domingos.

J.Carlos: Originais

Quase 300 originais de José Carlos de Brito e Cunha, o grande desenhista J. Carlos (1884-1950), guiam o passeio pela história da primeira metade do século XX. IMS. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea. Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Até 22 de outubro.

Mostras de Fotografia – Chichico Alkmim

Cerca de 200 imagens históricas, do início do século XX, feitas em Diamantina, são exibidas junto com uma centena de negativos de vidro e uma máquina de fole semelhante à que era usada pelo fotógrafo mineiro. Instituto Moreira Salles. Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea. Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Até 1º de outubro. 

Museu do Bonsai

Há pouco mais de um mês, a loja de decoração Espaço Ásia, no Recreio, abriu o Museu do Bonsai, que exibe exemplares da típica árvore anã, obtida por meio da poda de raízes e da condução de galhos, entre outras técnicas usadas em espécimes comuns — e bem maiores. Mundo afora, as árvores mais elaboradas chegam a custar R$ 30 000,00. No museu do Recreio, para quem se animar com a visita, há plantas cotadas a R$ 150,00. Espaço Ásia. Avenida das Américas, 14002, Recreio. Segunda a sábado, 9h às 17h30.

Galeria Marcelo Guarnieri

Orientado pela proposta de promover um diálogo entre arte moderna e contemporânea, o local apresenta, no momento, esculturas de animais assinadas pela artista búlgara Liuba Wolf. Curiosidade: as mesmas obras foram exibidas em 1965 no Museu de Arte Moderna. Rua Teixeira de Melo, 31 (lojas C e D), Ipanema. Segunda a sexta, 11h às 18h; sábado, 11h às 15h.

Mercedes Viegas

Fundada nos anos 2000, representa cerca de vinte artistas. Atualmente, reúne, na coletiva Rosa, trabalhos de nomes como Antonio Bokel e Vânia Mignone. Rua João Borges, 86, Gávea. Segunda a sexta, 11h às 19h; sábados, 15h às 19h. Grátis.

Bar Bukowski para funcionários públicos

Uma das classes mais afetadas pela crise financeira que acomete o estado Rio de Janeiro, com salários atrasados, os funcionários públicos terão ao menos um alívio quando quiserem se divertir:desde o mês passado, o Bar Bukowski, em Botafogo, oferece entrada gratuita aos sábados para funcionários públicos que apresentarem o holerite, até às 23 horas. A promoção, segundo a casa, segue “enquanto essa situação vergonhosa durar”. Inaugurado em 1997, o Bukowski é uma das mais antigas casas de rock da cidade, e espalha o melhor do gênero por três pistas, em um casarão de dois andares e um quintal arborizado com dois bares, sinuca e área com narguilé.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s