Artes cênicas e plásticas

Peça sobre Lygia Clark e Hélio Oiticica é encenada dentro de instalação

Um palco nada convencional abriga o espetáculo Cosmocartas ? Hélio e Lygia, com estreia marcada para sexta (6). A montagem se desenvolve no interior de uma enorme instalação criada pelo coletivo de arte Opavivará e espalhada por três salas do Centro de Arte Hélio Oiticica. Como se estivessem em um dos conhecidos penetráveis do artista que dá nome à instituição, os espectadores se deslocam dentro da obra ao longo da encenação. A dramaturgia de Pedro Kosovski e Álamo Facó, da mesma forma, não segue moldes tradicionais e envereda por algo como um teatro documental, de tintas experimentais. Tomando como base o livro Lygia Clark/Hélio Oiticica: Cartas 1964-1974, o espetáculo expõe a troca de ideias entre os dois artistas, mesclada, como em um jogo de espelhos, às experiências dos atores em cena: Facó e Cristina Flores. Renato Linhares assina a direção (90min). 18 anos.

Centro Municipal de Arte Hélio Oiticica (50 lugares). Rua Luís de Camões, 68, Centro, ☎ 2232-4213 e 2242-1012. Quinta a sábado, 19h. Grátis. Senhas distribuídas uma hora antes da sessão. Até 14 de dezembro. Estreia prometida para sexta (6).

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s