Ameaçado, Bourbon Festival Paraty chega à nona edição menor

Com menos patrocinadores, o evento reúne dez atrações nacionais e internacionais do jazz, blues e soul na cidade histórica

Wallace Roney: o trompetista é uma das atrações internacionais (Bourbon Festival/Divulgação)

Bom motivo para pegar a estrada neste fim de semana: de sexta (9) a domingo (11), a nona edição do Bourbon Festival reúne nomes consagrados do jazz, blues, soul e música brasileira em Paraty, na Costa Verde. Bem-sucedida parceria da prefeitura local com o clube noturno paulistano Bourbon Street, um dos eventos mais badalados do calendário artístico, cultural e turístico da cidade correu o risco de não acontecer este ano, por falta de patrocínio. “Tivemos que tomar uma difícil decisão: não realizar o festival ou realizá-lo menor, com menos artistas e palcos, mas mantendo a alta qualidade artística que é sua marca registrada”, diz Edgard Radesca, criador e produtor do evento.

Este ano, dez atrações nacionais e internacionais se apresentam, de graça, no palco localizado na Praça da Matriz, no centro histórico da cidade (em 2016, foram dezoito nomes, espalhados por três palcos). Da ala estrangeira, o trompetista americano Wallace Roney, discípulo e parceiro de Miles Davis, abre a programação à frente de seu quinteto na sexta (9), às 21h. No dia seguinte, o guitarrista americano Joe Louis Walker, quatro vezes vencedor do Blues Music Award, se apresenta às 22h30. Gaitista requisitado por nomes como Pat Metheny (com quem ganhou um Grammy), Herbie Hancock e Cassandra Wilson, o suíço Gregoire Maret sobe ao palco no domingo (11), às 22h30, ao lado do brasileiro Thiago Espírito Santo Trio. No show, inédito, composições próprias, standards de jazz e alguns clássicos da música brasileira.

No elenco brasileiro, destacam-se estão o casal André Frateschi e Miranda Kassin, saxofonista Leo Gandelman, o acordeonista Mestrinho, e o grupo Hammond Grooves. A programação inclui ainda três buskers com apresentações de artistas de rua: Busker Rosário (ao lado da Igreja Nossa Senhora do Rosário), Busker Santa Rita (em frente a Igreja de Santa Rita) e Busker Quadra (ao lado da Igreja da Matriz), além da Orleans Street Jazz Band circulando pelas ruas do Centro Histórico.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s