Exposições

Percorremos as melhores exposições da semana para indicar o que você não pode perder

ESTREIAS

Amador Perez

Um desenho em grafite feito pelo artista em 1981 deu origem às vinte obras inéditas, todas variações em torno da mesma imagem, apresentadas na individual. R$ 36?000,00 a R$ 54?000,00.

Galeria de Arte Maria de Lourdes Mendes de Almeida. Rua Joana Angélica, 63 (Universidade Candido Mendes), Ipanema, ☎ 2523-4141, ramal 206. Segunda a sexta, 14h às 20h; sábado, 16h às 20h. Grátis. Até 9 de agosto. A partir de sexta (30).

Cor, Luz e Movimento + Inventário da Paixão

As duas coletivas, simultâneas no Museu Histórico Nacional, estão vinculadas às comemorações pelos dez anos do Prêmio Marcantonio Vilaça para as Artes Plásticas. A segunda reúne o maior número de nomes estrelados: estão presentes Adriana Varejão, Beatriz Milhazes, Angelo Venosa, Daniel Senise, Cildo Meireles, Leda Catunda e Luiz Zerbini, entre outros.

Museu Histórico Nacional. Praça Marechal Âncora, s/nº, Centro, ☎ 2550-9220. → Terça a sexta, 10h às 17h30; sábado, domingo e feriados, 14h às 18h. R$ 8,00 (ter. a sáb.). Grátis aos domingos. Até 13 de julho. A partir de sexta (30).

Djanira

Batizada como Pintora Descalça, a mostra celebra o centenário de nascimento da artista. Mais de quarenta obras integram a seleção.

Caixa Cultural – Galeria 1. Avenida Almirante Barroso, 25, Centro, ☎ 3980-3815, ? Carioca. → Terça a domingo, 10h às 21h. Grátis. Até 20 de julho. A partir de quarta (28).

Do Valongo à Favela: Imaginário e Periferia

Cerca de 200 peças, entre objetos, iconografia, documentos e obras de arte contemporânea, ajudam a contar a história da Zona Portuária, onde fica o MAR. Trabalhos de Djanira, Lasar Segall, Augusto Malta e Di Cavalcanti, entre outros, integram a exposição.

Museu de Arte do Rio. Praça Mauá, s/nº, Zona Portuária, ☎ 3031-2741. → Terça a domingo, 10h às 18h. R$ 8,00. Grátis às terças. Meia-entrada para estudantes de escolas particulares e universitários. De quarta a domingo, grátis para alunos e professores da rede pública, crianças de até 5 anos e pessoas

com mais de 60 anos. Até 15 de fevereiro de 2015. A partir de terça (27)

Guillermo Kuitca e Eduardo Berliner

A exposição reúne cerca de 100 obras, entre pinturas e desenhos, dos dois artistas: o argentino Kuitca e o brasileiro Berliner.

Casa Daros. Rua General Severiano, 159, Botafogo, ☎ 2275-0246. → Quarta a sábado, 11h às 19h; domingo, 11h às 18h. R$ 12,00. Grátis para crianças de até 12 anos e às quartas. Meia-entrada para idosos e estudantes com mais de 12 anos. A bilheteria fecha meia hora antes do término do horário de visitação. Até 29 de junho. A partir de sábado (31).

Mostra Rio de Esculturas Monumentais

Dezessete artistas ocupam a Praça Paris com obras de grande porte integradas ao ambiente. Entre os participantes estão o cearense Zé Tarcísio, os mineiros Manfredo de Souzanetto e Jorge dos Anjos e as cariocas Claudia Dowek e Mercedes Lachman.

Praça Paris. Avenida Augusto Severo, 272, Glória. 6h/22h. Grátis. Até 20 de julho. A partir de domingo (25).

Protagonistas do Design Italiano

Após anos de obras e polêmica, o Istituto Europeo di Design (IED) finalmente abre sua unidade carioca, no lugar onde funcionava o Cassino da Urca. A mostra inaugural reúne mais de 100 peças da coleção de móveis e luminárias da Fondazione Sartirana Arte, da cidade de Pavia, na Itália.

Istituto Europeo di Design (IED Rio). Avenida João Luis Alves, 13, Urca, ☎ 3683-3786. → Terça a domingo, 10h às 19h. Grátis. Até 29 de junho. A partir de quarta (28).

Salvador Dalí. Leia reportagem.

Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. → Quarta a segunda, 9h às 21h. Grátis. Até 22 de setembro. A partir de sexta (30).

ÚLTIMA SEMANA

✪✪✪ Community

A videoinstalação que dá nome à mostra exibe fotografias de 43 profissionais da agência Magnum Photos, fundada em 1947 por mestres das câmeras como Henri Cartier-Bresson. Ensaios de cinco deles são apresentados em outra parte da exposição.

Oi Futuro Flamengo. Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo, ☎ 3131-3060, ? Largo do Machado. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Até domingo (1º).

✪✪✪ Nazareno

Dezoito instrumentos infantis antigos, de uma coleção do próprio Nazareno, compõem uma instalação apresentada pelo artista na mostra Somos Iguais.

Oi Futuro Flamengo. Rua Dois de Dezembro, 63, Flamengo, ☎ 3131-3060, ? Largo do Machado. → Terça a domingo, 11h às 20h. Grátis. Até domingo (1º).

✪✪✪✪✪ Ron Mueck

Nove impactantes criações do artista australiano radicado em Londres estão reunidas na individual. Trata-se de esculturas de pessoas com assombroso grau de realismo. Uma delas, representando um casal de idosos na praia, mede 3 metros de altura.

Museu de Arte Moderna. Avenida Infante Dom Henrique, 85, Parque do Flamengo, Centro, ☎ 3883-5600. → Terça a sexta, 12h às 18h; sábado, domingo e feriados, 11h às 19h. R$ 14,00. A bilheteria fecha meia hora antes. Pessoas com mais de 60 anos pagam R$ 6,00. Grátis para amigos do MAM, menores de 12 anos e, na quarta, a partir das 15h, para todos. Aos domingos vigora o ingresso-família: pagam-se R$ 14,00 por grupo de até cinco pessoas. Estac. (R$ 5,00 para visitantes do museu). Até domingo (1º).

EM CARTAZ

bauhaus.foto.filme

Fundada em 1919 na Alemanha, a vanguardista escola de design, artes plásticas e arquitetura Bauhaus tem cinquenta fotos e vinte filmes de seu acervo exibidos. Boa parte da seleção fotográfica é exemplar do modo como mestres e alunos da instituição, já no início do século XX, investigavam as possibilidades de manipulação da imagem.

Oi Futuro Ipanema. Rua Visconde de Pirajá, 54, Ipanema, ☎ 3131-9333, ? General Osório. → Terça a sexta e feriados, 15h às 21h; sábado e domingo, 14h às 21h. Grátis. Até 20 de julho.

Call Me Helium

Em 1974, Hélio Oiticica e os irmãos Andreas e Thomas Valentin tiveram uma ideia para uma obra: um enorme balão no qual se leria “call me helium”, referência a uma frase do guitarrista Jimi Hendrix e, ao mesmo tempo, um trocadilho com o primeiro nome de Oiticica. Engavetado por quarenta anos, o balão finalmente está içado na Praça dos Correios. Ali ficará até o fim de uma exposição no Centro Cultural Correios, com fotos e documentos que retratam o cotidiano de Oiticica em Nova York, na época em que a obra foi concebida. Uma foto de Carlos Vergara e uma escultura de Antonio Manuel também estão na mostra.

Centro Cultural Correios. Rua Visconde de Itaboraí, 20, Centro, ☎ 2253-1580. → Terça a domingo, 12h às 19h. Grátis. Até 13 de julho.

Eu como Você

Coletivo goiano, o Grupo EmpreZa ocupa duas galerias do MAR. O lugar batizado como Sua Vez reúne artistas da trupe e convidados para performances, enquanto o outro espaço, que leva o nome da mostra, conta com uma série de documentos ligados a trabalhos antigos.

Museu de Arte do Rio. Praça Mauá, s/nº, Zona Portuária, ☎ 3031-2741. → Terça a domingo, 10h às 18h. R$ 8,00. Grátis às terças. Meia-entrada para estudantes de escolas particulares e universitários. De quarta a domingo, grátis para alunos e professores da rede pública, crianças de até 5 anos e pessoas com mais de 60 anos. Até 20 de julho.

✪✪✪ Fabian Marcaccio

O único trabalho na mostra de mesmo nome, Paintant Stories, do argentino radicado em Nova York, é monumental: trata-se de uma obra de técnica mista sobre tela, com 4 metros de altura e 100 metros de extensão.

Casa Daros. Rua General Severiano, 159, Botafogo, ☎ 2275-0246. → Quarta a sábado, 11h às 19h; domingo, 11h às 18h. R$ 12,00. Grátis para crianças de até 12 anos e às quartas. Meia-entrada para idosos e estudantes com mais de 12 anos. A bilheteria fecha meia hora antes do término do horário de visitação. Até 10 de agosto.

✪✪✪ Laercio Redondo

A individual Fachada tem como ponto de partida um marco da arquitetura brasileira: o Palácio Gustavo Capanema, um dos primeiros exemplares da arquitetura moderna no Brasil. O edifício inspira quatro criações de técnicas distintas – uma frase fundida em bronze, um filme, um conjunto de serigrafias e a imagem ampliada de um cartão-postal dos anos 50. A partir de R$ 15?000,00.

Galeria Silvia Cintra + Box 4. Rua das Acácias, 104, Gávea, ☎ 2521-0426. → Segunda a sexta, 10h às 19h; sábado, 12h às 18h. Grátis. Até 21 de junho.

Matriz e Desconstrução

Responsável pela curadoria, Luisa Duarte orientou a seleção das obras incluídas na coletiva. Entre os artistas presentes estão Ana Holck, Angelo Venosa, Carla Guagliardi, Daisy Xavier, Gustavo Speridião, Waltercio Caldas, Wagner Morales e Nuno Ramos. A mostra inclui desenhos, pinturas, esculturas e vídeos. A partir de R$ 3?000,00.

Anita Schwartz Galeria de Arte. Rua José Roberto Macedo Soares, 30, Gávea, ☎ 2274-3873 e 2540-6446. → Segunda a sexta, 10h às 20h; sábado, 12h às 18h. Grátis. Até 5 de julho.

✪✪✪✪ Visões na Coleção Ludwig

Do enorme acervo particular do alemão Peter Ludwig, magnata da indústria do chocolate morto em 1996, foram pinçadas 64 obras que compõem a coletiva. Nomes de peso, como Andy Warhol, Pablo Picasso, Roy Lichtenstein, Gerhard Richter e Jeff Koons, estão representados.

Centro Cultural Banco do Brasil. Rua Primeiro de Março, 66, Centro, ☎ 3808-2020. → Quarta a segunda, 9h às 21h. Grátis. Até 21 de julho.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s