Proibido em São Paulo, foie gras estrela pratos no Rio

Alvo de polêmica na cena gastronômica paulista, fígado de ganso ainda está liberado na cidade. Veja as sugestões

Alloro

Na casa italiana liderada pelo chef Luciano Boseggia, uma das entradas mais pedidas faz uso de combinação clássica no mundo da gastronomia: escalopes de foie gras ladeados por figos caramelados em redução de vinho do Porto (R$ 74,00).

Cipriani

Cipriani

Cipriani

Na criação de Luca Orini, o foie gras faz par com um farto pedaço de atum (R$ 98,00). O prato traz ainda aspargos e redução de vinho Marsala.

+ Confira os demais destaques de restaurantes da cidade

Duo

No reduto de cozinha italiana é possível comer foie gras como entrada ou prato principal. Abra os trabalhos pedindo o tartare de atum com cubos de foie gras em calda de lichia (R$ 56,00). Adiante, escolha entre o risoto de cogumelos com escalope do fígado (R$ 80,00) e o mignon com foie gras e farofa de ervas, ladeado por batatas e tempura de abobrinha(R$ 90,00).

Fratelli

Fratelli

Fratelli

São duas as opções com a iguaria. A primeira é o turnedô de mignon coroado por foie gras, acompanhado de molho de vinho e purê de baroa (R$ 89,00). Outra pedida traz um farto escalope por cima de saboroso risoto de queijo brie, peras e redução de vinho do Porto (R$ 79,00).

Gero

Gero

Gero

Um mesmo prato é preparado nas duas unidades cariocas. Na Barra, o bife alto de mignon com foie gras, batatas gratinadas e aspargos (R$ 125,00) é regado por molho de vinho do Porto, trocado em Ipanema por vinho Marsala.

Ix Bistrot

Ix Bistrot

Ix Bistrot

O clássico turnedô à rossini (R$ 79,00) é um respeitável bife de mignon servido com foie gras, trufas, molho de vinho e batata prensada assada.

Kotobuki

Kotobuki

Kotobuki

No tradicional japonês, aberto na década de 80, o foie gras protagoniza duas criações. Na primeira, entra no sushi, recebendo apenas um toque de flor de sal (R$ 31,00 a dupla). No pedido do foie gras maguro, o fígado cobre cubos de atum fresco (R$ 40,00, três unidades).

Naga

Naga

Naga

A filial carioca do prestigiado japonês paulistano também aposta na clássica combinação de atum com foie gras. O sushi do peixe é coberto pelo fígado caramelado, promovendo contrastes de sabores e texturas (R$ 32,00 a dupla).

Origami

Origami

Origami

Com unidades no Leblon e na Gávea, o pequenino restaurante japonês serve o foie gras maki (R$ 33,50, seis unidades), receita de shiitake enrolado em folha de acelga com foie gratinado, levada à mesas sobre couve crocante.

Sushi Leblon

Sushi Leblon

Sushi Leblon

Em meio a inventivos cortes de peixe fresco, o ingrediente francês coroa os dados de atum semicru com maçã-verde (R$ 66,00, seis unidades). Outra boa dica é o sushi de foie gras brûlé (R$ 29,00 a dupla), marinado em saquê, coroado por delicado cubo de manga.

+ Com seus tentáculos, polvo protagoniza delícias no Rio

Tupac

No ponto de cozinha contemporânea, a iguaria aparece em criação interessante do chef peruano Marco Espinoza. Após ser desfiado, o ossobuco envolve um pedaço de inhame que simula o osso original. A raiz é preenchida pelo foie gras que, por sua vez, faz o papel do tutano. Compota de cebola e mostarda acompanha o prato (R$ 67,00).

 

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s