As melhores cervejarias, bares e restaurantes da região serrana

Cercada de lugares repletos de rótulos especiais, a rota montanhosa aposta na sua tradição cervejeira para alavancar a temporada do frio

Buda Beer, em Petrópolis: brewpub produz e vende as cervejas artesanais (Felipe Fittipaldi/Veja Rio)

Explorar áreas turísticas com alto potencial gastronômico ou tradição na produção de algum tipo de bebida é uma estratégia bem conhecida mundo afora. Prova disso são as rotas vinícolas espalhadas por praticamente todos os continentes e, mais recentemente, as localidades dedicadas à fabricação de cerveja, como acontece na Bélgica, com áreas que reúnem mosteiros trapistas e uma miríade de pequenos produtores que anualmente arrastam milhares de visitantes em busca de experiências cervejeiras. Guardadas as devidas proporções, a serra fluminense tem se revelado promissora quando o assunto é a bebida fabricada a partir de água, malte, lúpulo e levedura. Cercada de paisagens que combinam o verde das montanhas com temperaturas amenas e pontos históricos, a região de Petrópolis, Teresópolis e Nova Friburgo é o palco principal da Rota Cervejeira, programa de fomento à produção artesanal no lugar. Com vinte microcervejarias associadas, o projeto praticamente dobrou de tamanho em um ano. “A bebida é uma ferramenta importante na divulgação do turismo e no crescimento econômico”, afirma Ana Cláudia Pampillón, coordenadora da Rota. “Por isso, a ideia é que a serra fluminense reproduza aqui o que já acontece no Sul com o vinho, no Vale dos Vinhedos”, completa.

A missão, embora árdua, vem dando certo. Com início previsto para sexta (23), a 28ª edição da Bauernfest deve atrair 320 000 pessoas ao longo de dez dias de programação. Notório especialista na composição de pratos refinados e vinhos, o chef Danio Braga, consultor da Locanda della Mimosa, lançará ainda neste inverno três variedades de cerveja com o nome da pousada, em parceria com o produtor local Brewpoint. A leva inicial é de 5 000 litros. “Muita gente ainda acha que a harmonização de alta gastronomia é obrigatoriamente com vinho, mas há muitas possibilidades de explorar a combinação entre cerveja e comida”, diz ele. Essas são apenas algumas das novidades reservadas aos cariocas bons de copo e dispostos a subir a serra. A seguir, confira um roteiro de novidades para beber bem (além de opções para comer e se hospedar) em meio ao friozinho serrano. Saúde!

PARA BEBER

As novidades que chegaram nos bares e cervejarias da serra

Buda Beer

Inaugurado em junho de 2015, o charmoso brewpub produz oito estilos de cerveja que podem ser consumidos lá mesmo, acompanhados de petiscos, ou levados para casa em garrafa. Novidade para o inverno, a oatmeal stout é encorpada, tem coloração escura e adição de aveia (12 reais, 300 mililitros). Nas instalações do casarão, o sócio e especialista Rolf d’Ottenfels recebe grupos para visitação (50 reais por pessoa, com direito a degustação) e promove cursos relacionados ao universo cervejeiro. Rua Rocha Cardoso, 166, Valparaíso, Petrópolis, ☎ (24) 2231-3219. http://www.budabeer.com.br.

Bohemia

Bohemia: complexo de entretenimento e experiência cervejeira (Leonardo Guimarães/Divulgação)

No complexo, onde as cervejas são produzidas desde 1853, é possível fazer um tour pela história, arte e ciência da fabricação da bebida desde a Antiguidade, por meio de vídeos, projeções e animações (32 reais, com três chopes). Antes ou depois, vale parar na loja que vende versões nacionais e importadas, como Wäls, Colorado e Goose Island, além de camisas, bonés, livros e outros apetrechos. O bar e o restaurante no topo da construção, com vista para o Palácio de Cristal, são paradas obrigatórias para degustar variedades como o chope 838 pale ale da marca (9 reais). Para comer, há sugestões como os hambúrgueres (25 reais). Rua Alfredo Pachá, 166, Centro, Petrópolis. Informações, ☎ (24) 2020-9050. http://www.bohemia.com.br.

London Pub

London Pub: cervejas locais no bar recém-inaugurado (Felipe Fittipaldi/Veja Rio)

Sócios de uma temakeria, Erick França e Bruno Fontes abriram esta empreitada, no último sábado (10), em um salão anexo à primeira casa. Decorado por eles mesmos, o ambiente exibe uma máquina de pinball, uma Kombi com a reprodução da bandeira do Reino Unido e um freezer com a configuração de uma cabine telefônica inglesa. A carta de cervejas tem quarenta rótulos de marcas da região, a exemplo de Serra Velha, Cazzera e Cidade Imperial. Os preços variam de 24,90 a 29,90 reais. Para beliscar, há sugestões como a porção de fish and chips, preparada com linguado, a 39,90 reais. Rua Treze de Maio, 233, Centro, Petrópolis, ☎ (24) 2233-1310.

Casa Pellegrini

Batizado com o sobrenome da família italiana que manteve uma fábrica de massas na cidade, o empreendimento reabriu há dois anos. Cerca de quarenta opções de cerveja especial figuram na carta, como a Buda Beer Tripel (30,90 reais a garrafa de 500 mililitros) e o chope Heineken (8,50 reais, 300 mililitros), sucesso entre a garotada. Carro-chefe local, o hambúrguer artesanal leva queijo cheddar, alho-poró e molho da casa (12,90 reais).  Rua Treze de Maio, 184, Centro, Petrópolis. ☎ (24) 2231-6110.

Brewpoint

Brewpoint: microcervejaria dispõe de onze tanques (Bruno Margiota/Divulgação)

Um galpão de 600 metros quadrados no bucólico bairro Quitandinha abriga a fábrica da cervejaria. Inaugurado em dezembro de 2016, o espaço dispõe de onze tanques tinindo de novos, de onde vertem cerca de 20 000 litros por mês. Aos sábados e domingos, a unidade recebe visitantes para um passeio pelo universo da produção da cerveja, que deve ser agendado. Com direito a degustação na boca do tanque, a experiência sai a 10 reais por pessoa. Na primeira quinzena de julho, o bar da fábrica será aberto ao lado dela, com petiscos e atrações como mesas de sinuca. Rua Afrânio Melo Franco, 330, Quitandinha. Informações, ☎ (24) 2247-9182 e beertour@cervejariabrewpoint.com.br.

Eventos

Bauernfest

Em sua 28ª edição, a tradicional Festa do Colono Alemão deve receber cerca de 320 000 pessoas entre sexta (23) e 2 de julho. Além das tradicionais apresentações de dança, de grupos folclóricos ligados à cultura germânica e do concurso de chope a metro, a programação conta com três palcos: um no Palácio de Cristal, um na Praça da Liberdade e o outro na Praça Visconde de Mauá. Durante os dez dias do evento, haverá paralelamente a Deguste-F­eira de Cerveja Artesanal. A feira reunirá dezesseis expositores locais, como Madame Machado, Cervejaria Real, Bohemia e Brewpoint, além de bikes e food trucks. http://www.bauernfestpetropolis.com.br.

Paradise Garage

Paradise Garage: pub temático é novidade em Teresópolis (Felipe Fittipaldi/Veja Rio)

Aberto em março, o pub temático de 950 metros quadrados tem uma proposta inusitada. Nos fundos, de segunda a sexta, uma oficina restaura e pinta carros antigos, e exibe sete modelos clássicos da Volkswagen, a exemplo de Fusca, Kombi Corujinha e Karmann Ghia. As dezesseis torneiras de chope artesanal alternam variedades como a mineira Backer e a carioca Hocus Pocus, em copos de 200, 400 e 600 mililitros. Endossa o coro a carta de cervejas, com cerca de noventa rótulos especiais. Assinado pelo chef Renato Beckmann, com passagem pela cozinha do Gero, o menu tem sugestões saborosas, como o fettuccine alfredo com camarão (54 reais). Em dias de show, o espaço, com mezanino e camarote, comporta até 400 pessoas. Na lista de atrações estão previstas apresentações de Maria Gadú, em 5 de julho, e do cantor Lenine, dez dias depois. Rua Tenente Luiz Meirelles, 3377, Bom Retiro, Teresópolis, ☎ (21) 2742-4865 e (21) 2743-6177. http://www.paradisegarage.com.br.

Grupo Petrópolis

Grupo Petrópolis: visitação gratuita em Teresópolis com degustação (Felipe Fittipaldi/Veja Rio)

O endereço de Teresópolis é o responsável pela produção das receitas especiais, como a linha Weltenburger, feita por monges medievais na Alemanha e reproduzida fielmente por aqui. Interessados podem se inscrever no programa gratuito de visitação. Com duração média de duas horas, o passeio começa no descarregamento de matéria-pr­ima e vai até a linha de envase. Encerra o roteiro uma degustação com direito a tábua de frios para acompanhar. Rodovia BR 116, km 50, Serra do Capim, Teresópolis. Agendamentos, ☎ (21) 2741-4500, ramal 303 4512. Visitas de segunda a sábado, às 9h e às 12h30. http://www.grupopetropolis.com.br.

Confraria do Chopp

O misto de bar e loja de artigos para produção de cerveja tem suas geladeiras abastecidas com cerca de 100 rótulos. Outra atração do espaço, o quadro-­negro indica as variedades em cartaz nas dez torneiras. Uma delas é o chope da recém-lançada russian imperial stout Layla, produzido pela Mistura Clássica, com 12% de teor alcoólico e aspecto quase licoroso (13,90 e 27,90 reais, 200 e 500 mililitros). Às terças vigora uma promoção: duas ou três opções, sempre revezadas, são oferecidas pela metade do valor original. Para acompanhar, há boa seleção de petiscos, entre eles a porção de croquete de carne (35,90 reais, seis unidades). Rua Yeda, 512, Teresópolis, ☎ (21) 2742-1843.

Vila Sankt Gallen

Vila St Gallen: oásis cervejeiro em Teresópolis (Vila St Gallen/Divulgação)

Inspirada na localidade suíça homônima, essa minicidade cenográfica da Cerveja Therezópolis oferece um beer tour, guiado por um sommelier, com duração de uma hora e meia (50 reais por pessoa). O pub tem versões como a Gold, uma premium lager de 5% de teor alcoólico — a caneca custa a partir de 8 reais (200 mililitros). No restaurante, que funciona sob reservas, a atração são as fondues. A de mignon sai por 140 reais (para dois). Rua Augusto do Amaral Peixoto, 166, Teresópolis, ☎ (21) 2642-1575. http://www.vilastgallen.com.br.

Ipa Route

Há uma década o empresário Daniel Rocha dedica-se às receitas artesanais. Em fevereiro deste ano, transformou o bar que administrava em um brewpub, onde fabrica e vende seis estilos de chope. O salão, com dois pavimentos, é cercado de vidro, de onde se veem os equipamentos que trabalham na produção de cervejas como a lupulada (leia-se amarga) imperial ipa (12 reais, 300 mililitros). Nas noites de sábado, bandas de rock assumem o palco. Avenida Manoel Carneiro de Menezes, 3912, Mury, Nova Friburgo, ☎ (22) 2542-2673.

Angels & Devils Craft Beer

Com experiência em grandes grupos do ramo, Mônica Mendonça uniu-se à cervejeira e sommelière Daniela Medeiros para montar a fábrica, que entrou em operação em agosto. A equipe é formada apenas por mulheres. Uma vez por mês, elas abrem as portas para receber amantes da bebida, ávidos por degustar a MaryAngel, uma witbier com alecrim, leve e refrescante. Pagam-se 30 reais pelo passaporte, que inclui explicações com duração de uma hora, um copo da marca e dois chopes. Rua Carolina Emília da Cunha, 198, Cônego, Nova Friburgo, ☎ (21) 99156-2639.

Veg Bier

Lançada há cerca de um ano e meio, a microcervejaria leva as iniciais dos três sócios: Vinícius, Elias e Gustavo, que durante anos se aventuraram nas receitas caseiras. O trio inaugura, no dia 24, o próprio brewpub, anexo à fábrica. No ambiente, com cerca de 60 metros quadrados, as taças de 300 mililitros de american pale ale (Veg Fantasy) serão servidas a 10 reais. Avenida Walter Machado Thedin, 5390, Mury, Nova Friburgo, ☎ (22) 3016-4113.

Barão Bier

A sede da fábrica da cervejaria fica em um sítio com mais de 200 000 metros quadrados. Programada para 8 de julho, a visita de cinco horas inclui transporte de ida e volta, com saída da Praça do Suspiro, em Nova Friburgo, degustação de quatro rótulos, happy hour com música ao vivo, chope liberado e jantar. O pacote individual custa 180 reais. Já a versão enxuta, de uma hora, com degustação, sai a 30 reais por pessoa. É preciso agendar. Rua Bento Faria, s/nº, Jardim Califórnia, Nova Friburgo, ☎ (22) 2527-4435.

Ranz Bier

Ranz Bier: cervejas artesanais de qualidade em Lumiar (David Motta/Divulgação)

O nome da microcervejaria é uma abreviação do sobrenome, de origem italiana, do proprietário, o engenheiro Gustavo Ranzato. Em 2008, apenas como hobby, ele começou a criar receitas que, por vezes, fogem aos estilos convencionais. No bar da marca, com mesas de madeira espalhadas sob cobertura de sapê, podem-se degustar variedades que jorram das sete torneiras, a exemplo da Capineira, leve e refrescante, com capim-limão (12 reais, 300 mililitros). Apreciadores das mais encorpadas devem experimentar a Tarja Preta, com 10,5% de teor alcoólico e notas frutadas (16 reais, 300 mililitros). Rua Deputado Amâncio Mário de Azevedo, 145, Lumiar, Nova Friburgo, ☎ (22) 2542-4012.

PARA COMER

Endereços onde cerveja rima com bons pratos

Alvorada

Alvorada: refúgio em Araras (Felipe Fittipaldi/Veja Rio)

Reduto de celebridades como Fernanda Montenegro e Gloria Pires, o endereço foi aberto há três décadas pelo cozinheiro autodidata Paulão Pinho e sua mulher, Marcia. Com mesas dispostas sob árvores à beira do rio, o local tem um quadro-negro que exibe, entre seus destaques, delícias como pupunha com farofa de pão (40 reais) e pato com legumes (90 reais). Há um ano e meio, foi aberto nos fundos um empório com pães, queijos, conservas e cervejas artesanais. Estrada Bernardo Coutinho, 1655, Araras, Petrópolis, ☎ (24) 2225-1118 e (24) 2225-2021. http://www.restaurantealvorada.com.br.

…lá,

Mais de quarenta portas de fazendas antigas decoram o amplo galpão fincado em um sítio em Secretário, que conta ainda com uma lareira central. No charmoso ambiente, a fórmula (134 reais) dá direito a entrada, prato principal e sobremesa. As receitas são sazonais, mas tem feito sucesso a vieira grelhada com arroz thai de manga, que custa 85 reais pedida à parte. Estrada do Secretário, km 5,7, ☎ (24) 2228-2027/1624.

Bräun & Bräun

De culinária suíço-alemã, dispõe de cerca de 190 rótulos de cervejas especiais, mas a campeã de vendas é uma pilsen que leva o nome da casa (24 reais, 600 mililitros). A partir de sexta (23), entra em cena o arraiá fest, com pratos como as minicostelinhas suínas com farofa crocante (32 reais). Dos tradicionais, continua imbatível o joelho de porco com salada de batata (50 reais). Estrada Rio-Friburgo, km 72,5, Mury, ☎ (22) 2542-1338. http://www.braunbraun.com.br.

Cocotte Bistro

Há um ano em novo endereço, o bistrô comandado pela chef Manoela Rabin, que já trabalhou com o tarimbado Paul Bocuse, e seu marido, o concertista Luiz De Simone, exibe nove opções no cardápio. Muita gente sobe a serra para acomodar-se nas mesas em torno da lareira e ouvir o anfitrião dedilhar clássicos do cinema, enquanto a mestre-cuca prepara peixe ao molho de espumante com carpaccio de abobrinha e bolinhos de batata-baroa. Composta de entrada, prato principal e sobremesa, a refeição sai a 149 reais. Recomenda-se reservar. Estrada União e Indústria, 13984, Itaipava, ☎ (24) 2222-3334. http://www.cocottebistro.com.

La Mesa Gastro Lar

Javy, do La Mesa Gastro Lar: experiência na serra (Maria Hennies/Divulgação)

Em novembro de 2015, a escritora Cissa e o chef argentino Javy instalaram-se numa casa com janelões de cor azul e decoração contemporânea nas montanhas de Itaipava. Inspiradas pelo movimento slow food, há sempre duas ou três sugestões de menu, com cinco etapas, com preço a partir de 130 reais. Água e café são cortesia, mas quem quiser poderá levar o vinho favorito. O jovem casal não cobra taxa de rolha. O endereço é informado no ato da reserva. ☎ (21) 98148-7629.

Locanda della Mimosa

Locanda: reduto de bons pratos e conforto em hospedagem (Bruno de Lima/Divulgação)

O menu da requintada hospedagem é elaborado pelo chef Danio Braga, que assina ainda três rótulos artesanais de cerveja (pilsner, red ale e stout) criados em parceria com a Brewpoint. Entre suas sugestões estão o lombo de cordeiro com molho de especiarias (118 reais). Para estender o programa, as diárias saem a partir de 435 reais por casal. Alameda das Mimosas, 30, Vale Florido, Petrópolis, ☎ (24) 2233-5405. http://www.locanda.com.br.

Matilda

A casa de toldo listrado, estofado quadriculado e ambiente moderno serve pizzas e hambúrgueres preparados com massa de fermentação natural e farinha italiana. As redondas estão disponíveis em quinze sabores. A versão de presunto cru leva mussarela de búfala, rúcula-selvagem e raspas de limão-siciliano (60 reais o disco de 26 centímetros). Estrada União e Indústria, 12700, Itaipava, ☎ (24) 2222-3300.

Parador Lumiar

Parador Lumiar: cardápio preparado com alimentos orgânicos colhidos na horta (Rodrigo Azevedo/Divulgação)

A 160 quilômetros da capital, o hotel dispõe de treze charmosos chalés (com diária a partir de 780 reais). Sua cozinha, com consultoria do chef Isaías Neries, valoriza ingredientes da horta local. O novo menu traz cupim desfiado com farofa de macadâmia e grana padano (29 reais). Estrada do Amargoso, s/nº , Boa Esperança, Nova Friburgo, ☎ (22) 2542-4777. http://www.paradorlumiar.com.

Quintal Gastronômico

A empreitada foi criada no meio da floresta, em Itaipava, por Renata Cavalcanti, precursora do Festival de Gastronomia de Tiradentes, com a proposta de ser um restaurante secreto. Sem letreiro no portão, o endereço só é revelado após a confirmação da reserva dos comensais, que são acolhidos com uma sopinha de boas-v­indas. Com sete etapas, o menu sai a 150 reais por pessoa. ☎ (24) 2222-1894.

Trattoria Quinta do Lago

A cantina italiana funciona há seis meses no condomínio homônimo em Itaipava. Durante a temporada de inverno, oferece menu degustação com seis pratos preparados com queijos (158 reais por pessoa), entre eles minifondue de gruyère e emmental e, na etapa principal, polenta com cordeiro e grana padano. Para adoçar, sobremesas como o pudim de parmesão com goiabada. Rodovia BR-040, km 66, Rio da Cidade, Petrópolis, ☎ (24) 2225-5003.

ONDE DORMIR

Dez opções para quem quer esticar a jornada

Pousada da Alcobaça

A charmosa construção tem doze quartos, um deles em uma área externa da casa, onde funcionava um moinho. Para a temporada de inverno, o valor dos pacotes com duas diárias começa em 960 reais. Atração à parte, a cozinha, comandada pela proprietária, Laura Góes, de 86 anos, é aberta ao público. Sábado é dia da farta feijoada (89 reais por pessoa), mas é preciso reservar. http://www.pousadadaalcobaca.com.br.

Quality Hotel Itaipava

Inaugurado em março deste ano, o complexo de sete andares dispõe de 126 apartamentos, café da manhã, restaurante aberto ao público, área de lazer, com piscina, e equipamentos fitness disponíveis 24 horas por dia. Tarifas a partir de 450 reais. http://www.atlanticahotels.com.br.

Pousada Tankamana

Pousada Tankamana: opção para dormir no friozinho das montanhas (Selmy Yassuda/Divulgação)

Os dezesseis chalés têm lareira, para aquecer os dias mais frios, e estão cercados pela natureza do Vale do Cuiabá (alguns têm o requinte extra de ofurô e hidro-spa). Piscina natural, duas saunas, sala de ginástica, salão de jogos e cinema estão entre as opções para relaxar. O restaurante, comandado pelo chef belga Bertrand Matern, é aberto também a quem não está hospedado na pousada. Diárias a partir de 620 reais. http://www.pousadatankamana.com.br.

La Belle Bruna

A vinte minutos do Centro Histórico de Petrópolis, essa charmosa opção de hospedagem combina privacidade e conforto em meio à Mata Atlântica. Os onze chalés contam com wi-fi, máquina de café expresso, ar condicionado (quente e frio), TV, DVD e frigobar. Piscina de borda infinita, além de uma versão aquecida com cascata e hidro, sala de leitura e aparelhos para exercícios físicos integram o combo relaxante. Diárias a partir de 590 reais. http://www.labellebruna.com.br.

Spa Serra Morena

Apesar do nome, a pousada, localizada a dez minutos do agito de Itaipava, oferece também pacote para quem não quer emagrecer, com cardápio sem restrições. Em apartamento duplo, paga-se a partir de 300 reais por dia, com desjejum. Os hóspedes podem contratar terapias à parte. http://www.spaserramorena.com.br.

Solar Fazenda do Cedro

Enquanto os pais bebem, os filhos se divertem. Com foco na experiência familiar, o lugar dispõe de atividades que integram os pequenos aos animais do local, como passeios de charrete e a cavalo. A área gastronômica engloba dois restaurantes. Entre as acomodações, há simpáticos chalés e apartamentos (pacotes de sexta a domingo, para dois, a partir de 1 570 reais). http://www.fazendadocedro.com.br.

Hotel Solar do Império

Hotel Solar do Império: café da manhã (Selmy Yassuda/Veja Rio)

Instalado em dois casarões tombados do século XIX, possui 24 suítes espaçosas. O desjejum pode ser servido a qualquer hora e em qualquer lugar do hotel. Piscina coberta, spa, hidromassagem, sauna seca e a vapor compõem a lista de atrações. Diárias a partir de 540 reais. http://www.solardoimperio.com.br.

PousadaTerê Parque

Ao lado do Parque Nacional da Serra dos Órgãos, serve café da manhã colonial e conta com uma piscina para adulto, com deque molhado, e uma infantil, além de sauna, academia, salão de jogos, brinquedoteca, viveiro com araras, horta, trilha, quadra de areia e acomodações diversas. Pacotes a partir de 770 reais (duas diárias). http://www.tereparque.com.br.

Le Canton

O complexo inaugurou recentemente uma ala com decoração medieval e 34 apartamentos capazes de acomodar até seis pessoas. Trata-se de uma boa opção para quem viaja acompanhado da garotada, pois a ampliação incluiu ainda um centro de lazer com paintball e campo de golfe. Para os adultos, a novidade é um bar com ambiente de lounge, aquecedores elétricos e cardápio mais elaborado. Diárias a partir de 893 reais. http://www.lecanton.com.br.

Eco Resort — Hotel Villa São Romão

Eco Resort – Hotel Villa São Romão: hospedagem luxuosa em Nova Friburgo (Divulgação/Divulgação)

Divididos em três categorias, dez chalés cheios de bossa e conforto (com direito a travesseiros de plumas de ganso, redes, frigobar, varandas e cama king size) espalham-se entre cachoeiras, bromélias e orquídeas no distrito de Lumiar. Piscinas naturais, cachoeiras, lagos, caiaques, pedalinhos, heliponto, sauna integrada à piscina, espaço para ginástica e spa para massagem estão entre as mordomias. Atividades como rafting e caminhadas ecológicas também são oferecidas. Diárias a partir de 950 reais. http://www.villasaoromao.com.br.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s