Memórias da Cidade

Um passageiro mordeu a toalhinha quente para lavar as mãos achando que era tapioca. Durante forte turbulência, uma mulher acabou ejetada do banheiro num momento totalmente impróprio. O viajado maestro Tom Jobim ficava sempre apavorado na hora das decolagens. Já o cirurgião plástico Ivo Pitanguy adorava as comidinhas servidas no voo. Quer mais uma história? Houve um tempo em que Chico Buarque embarcava quase toda semana para tomar café com seus amigos em Paris. Curiosidades como essas, vividas a bordo de aviões da Varig, foram reunidas pela gaúcho-ipanemense Cláudia Vasconcelos, que trabalhou como aeromoça na inesquecível companhia aérea. Ela lança o livro Estrela Brasileira, na próxima sexta (dia 27), na Livraria da Travessa do Shopping Leblon.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s