O baixo-astral ficou para trás

Depois de um período em completa retração e sem estímulo para a música, o guitarrista Dado Villa-Lobos voltou a compor. Pela primeira vez, desde o fim da Legião Urbana, ele dividiu estúdio com o baterista Marcelo Bonfá, além de engatar trabalhos ao lado dos Paralamas e de Fausto Fawcett. Seu novo CD-solo, o primeiro em seis anos e com lançamento previsto para o segundo semestre, tem um título remissivo ao recente período de baixo-astral, O Passo do Colapso. Numa prova de que a reclusão ficou para trás, ele comprou uma bicicleta italiana de competição e pedala pelo Rio de alto a baixo. Devidamente equipado com capacete, sapatilhas e bermuda de ciclista, é capaz de percorrer 50 quilômetros em menos de duas horas. “Meu roteiro preferido é a subida até a Vista Chinesa”, conta.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s