Memória da Cidade

Os olhos azuis e a voz de Frank Sinatra encantaram o Maracanã em 26 de janeiro de 1980, um sábado de tempo fechado no Rio ? mas parou de chover justo na hora em que o cantor pisou no palco. “Deus foi legal com a gente”, disse o astro americano, antes de homenagear Tom Jobim, de se esquivar do Beijoqueiro e de entoar clássicos como My Way para 170?000 pagantes. Ecos de Sinatra serão ouvidos na terça que vem (7) no Teatro Oi Casa Grande: Cauby Peixoto vai relembrar o mito ? e New York, New York, naturalmente, foi escolhida para encerrar o show.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s