Secretário de justiça dispara contra UPPs e diz que projeto faliu

Comentário foi feito por Astério Pereira dos Santos em audiência realizada no Senado, na segunda (12)

A audiência realizada no Senado, na Comissão de Direitos Humanos da Casa, na segunda (12), tinha como tema a chacina de dez sem-terra em uma fazenda no Pará, ocorrida em maio. Em meio aos debates, um comentário a respeito das Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) do Rio, feito pelo secretário nacional de Justiça, Astério Pereira dos Santos, chamou atenção. Ex-policial militar e ex-secretário estadual da Administração Penitenciária na gestão de Rosinha Garotinho, Santos está há três meses no cargo e tem pouca visibilidade na pasta. Mas seu disparo foi barulhento. “Falta coragem política para dizer que (o projeto de UPPs) faliu”, atacou.

O programa de UPPs agoniza, é fato, mas isso acontece em razão de erros graves cometidos em sua implantação — treinamento insuficiente, exploração eleitoreira, ausência de políticas sociais e abusos cometidos contra a população das favelas, entre outros. Porém, em seu auge, em 2013, foi elogiado por órgãos respeitáveis como o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud). Não foram poucas as vezes em que o projeto foi comparado a iniciativas bem-sucedidas como o Plan Quadrant, da Colômbia, e o Barrio Seguro, da República Dominicana. Executados com seriedade, ambos seguem firmes, sustentados por uma ampla rede de apoio social à população mais pobre, paralelamente à intervenção policial. Aqui, o contingente de ex-autoridades e ex-poderosos hospedados no presídio de Benfica nos recorda onde foram parar os recursos que poderiam ter sido aplicados no projeto. Uma vez sob os holofotes do Senado, o secretário Santos poderia ter usado sua visibilidade para, sem politicagem, propor iniciativas que ajudassem a resgatar esse empreendimento. Seus conterrâneos agradeceriam.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

  1. Faliu junto com o Rio de Janeiro que virou um esgoto a céu aberto e é um mar de corrupção graças à Cabral e cia Ltda, assembléia do Rio, MP, Tribunal de Contas. Zona Sul se preparem, agora acabou a paz!