Polícia apreende mais de 2.500 celulares na Rocinha

Operação Ethos combateu venda de produtos de origem ilegal

Rio de Janeiro – Uma ação da Polícia Civil do Rio apreendeu 2659 celulares sem nota fiscal no camelódromo da Rocinha, em São Conrado, zona sul do Rio, nesta quinta-feira, 9. A operação Ethos, como foi batizada, pretende combater a venda de produtos de origem ilegal.

Quatro proprietários de boxes foram levados para a 11ª Delegacia de Polícia, que está à frente da operação, por receptação de material ilícito. Eles foram autuados em flagrante na unidade.

Segundo informações da Polícia Civil, as investigações sobre o comércio ilegal na região começaram há um mês. Ao todo, 15 boxes foram identificados. Na ação desta quinta-feira, sete aparelhos roubados foram encontrados.

A polícia apura agora quem fornecia os celulares aos comerciantes.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s