Motorista de Uber não obedece a ordem e é baleado por PMs

Francisco de Assis Araújo acreditou que poderia se alvo de um assalto em Realengo

Um motorista de Uber foi baleado por policiais após não obedecer a uma ordem de parar o veículo, na noite desta quarta-feira (5), em Realengo, na zona oeste do Rio de Janeiro. Segundo amigos do homem, Francisco de Assis Araújo não parou o carro porque pensou que a abordagem se tratava de um assalto. Um vídeo que mostra o momento da ação foi divulgado na página Realengo News do Facebook.

Por nota, a assessoria de imprensa da Polícia Militar informou que policiais do 14º Batalhão de Polícia Militar (Bangu) foram acionados ao local para verificar a ocorrência de um carro que estava praticando assalto na região.

Segundo a PM, no momento em que o motorista não obedeceu a ordem para desembarcar “e fugiu”, “os agentes ouviram um tiro e revidaram”. “A guarnição fez um cerco e conseguiu localizar o motorista na Rua Titanic. Ele estava ferido na perna e os agentes socorreram ao Hospital Albert Schweitzer”, informou a corporação.

Ainda não há informações sobre o estado de saúde do motorista. A investigação do caso será feita pela Polícia Civil.

 

 

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s