Mais uma obra engavetada

Apresentada em setembro ao Comitê Olímpico Internacional como uma medida providencial para desafogar o trânsito entre a Barra e a Zona Sul, a duplicação da Avenida Niemeyer terá o mesmo destino da propalada transformação da Avenida Rio Branco numa via de pedestres: não vai sair do papel. Defendido pelo prefeito Eduardo Paes, o projeto previa que, durante a Rio 2016, a pista à beira-mar seria usada para o trânsito em geral enquanto o Túnel Zuzu Angel ficaria com uma faixa exclusiva para ônibus e outra para o deslocamento dos atletas. Na semana passada, outra intervenção foi apresentada como solução: o alargamento do elevado e dos túneis do Joá. Resta saber se agora é sério.

Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s