Prefeitura troca 32 mil lâmpadas de rua

Novos pontos de luz vão economizar R$ 7 milhões por ano. Taxa de iluminação, no entanto, continua a mesma

A prefeitura vai iniciar, a partir de dezembro, a troca de 32 mil pontos de luz antigos por versões mais modernas. De acordo com a Secretaria de Conservação e Serviços Público, a mudança vai substitui modelos a mercúrio por vapor de sódio, com investimento estimado em R$ 25 milhões. A expectativa é que se reduza o consumo em 33 Mwh, o que representa uma economia anual de R$ 7 milhões. Apesar disso, a taxa de iluminação pública continua a mesma. Nessa primeira etapa, serão beneficiados bairros da Zona Norte e Oeste, como Engenho Novo e a Vila da Penha.

A próxima fase começa em 2012, em que serão trocados mais 13 mil pontos.O Rio, que conta com 420 mil postes, ainda utiliza 80 mil lâmpadas de mercúrio. Até o próximo ano, a meta é que esse número caia a 50 mil. O governo municipal divulgou ainda que a quantidade atual de postes apagados está em 1,98%. O índice recomendado é de no máximo 2%. No entanto, locais como o entorno da Lagoa Rodrigo de Freitas ainda sofrem com a escuridão, como mostra reportagem feita recentemente por VEJA Rio. Quem quiser fazer reclamações sobre lâmpadas queimadas deve ligar para o telefone 1746.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s