Dicionário carioquês

Trinta verbetes com o significado de gírias típicas dos cariocas

Apesar dos problemas que enfrenta diariamente, o carioca é um povo que tem orgulho da cidade e do sotaque típico de quem vive por aqui. Ao longo da história, o jeitinho de falar dos moradores do Rio foi afirmado algumas vezes como o modelo a ser seguido como referência no país, a exemplo de dois Congressos Nacionais – o de Língua Cantada, de 1937, organizado por Mário de Andrade, e o de Língua Falada no Teatro, de 1956, realizado em Salvador.

Para ajudar quem não é da cidade a entender melhor o particular jeito do carioca de se comunicar, circulam na internet diversos manuais. Eles explicam de forma bem humorada o significado de alguns dos diversos termos deste vocabulário, repleto de gírias, neologismos e adaptações – a exemplo do publicado recentemente pelo blogueiro Marcos Pinheiro, da página Numa Piração Total. VEJA RIO fez uma seleção para esclarecer alguns verbetes que podem parecer confusos para quem não é da cidade e – por que não? – você tirar uma onda com quem não tem a sorte de ser carioca.

Confira 30 palavras típicas do Dicionário Carioquês na galeria abaixo e compartilhe os cards com os amigos através da nossa página do Facebook:

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s