Cine Plaza é transformado em prédio de escritórios

Novo projeto recuperou desenhos originais da fachada e do foyer

Pouco lembrado nos dias de hoje, o arquiteto italiano Ferruccio Brasini, que teve escritório estabelecido na Avenida Presidente Wilson, deixou sua marca em duas construções monumentais que sobrevivem na memória afetiva do carioca: o Cine Olinda, que, com inimagináveis 3 500 lugares na Praça Saenz Peña, foi o maior da cidade até sua demolição, nos anos 70, e o Cine Plaza, na Rua do Passeio, recém-transformado em prédio de escritórios. O novo projeto recuperou desenhos originais da fachada e do foyer. No espaço antes ocupado pela plateia do antigo Plaza, foi construído um auditório para 220 pessoas. Em plena crise, os atuais donos acreditam que o passado glamouroso pode ajudar na árdua tarefa de encontrar interessados para suas lajes, com cerca de 1 000 metros quadrados.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s