Alerj aprova lei que transforma cachaça em patrimônio cultural

Projeto do deputado Luiz Martins (PDT) que transforma cachaça em patrimônio cultural do estado é aprovado nesta quarta (13)

A Assembleia Legislativa do Rio (Alerj) aprovou, na última quarta (13), projeto de lei do deputado Luiz Martins (PDT) que transforma a cachaça em Patrimônio Histórico Cultural do Rio. O projeto ainda aguarda sanção do governador, que pode vetar ou aprovar o texto em até 15 dias úteis. Segundo o deputado, a bebida é um símbolo nacional e precisa ser valorizado. Para ajudar na árdua tarefa de provar as melhores branquinhas da cidade, VEJA Rio listou dez endereços do Rio que vendem as mais variadas – e saborosas, marcas da bebida. Confira aqui nossa seleção, que inclui o Angu do Gomes, o Mangue Seco e, é claro, a Academia da Cachaça.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s