• Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Resenha por Rafael Teixeira

Corriam os Jogos Pan-Americanos do Rio, em 2007, quando o ator Pedro Monteiro viu a reportagem sobre um judoca sui generis: iraniano de nascença, ele tentava, pela Guatemala, a classificação para a Olimpíada do ano seguinte, mas foi obrigado a desistir por um problema de saúde. Seria sua última chance. Por circunstâncias diversas, ele já ficara de fora de várias edições anteriores dos Jogos. Escrito a seis mãos por Monteiro, Marcus Galiña e Joana Lebreiro (diretora da montagem), o drama Um de Nós conta a triste mas, de certa forma, heroica saga desse lutador, injetando algo de ficção ao pouco que aquela matéria revelara sobre sua vida. O próprio Monteiro vive o protagonista, aqui batizado de Arash Koabi. Um tanto expositiva, com direito a um recorrente apelo ao recurso da narração, a dramaturgia repleta de frases edificantes não se aprofunda na história (mesmo a parte fictícia) de Arash, diminuindo, assim, as possibilidades do elenco - formado ainda por Gabriela Estevão, Lucas Oradovischi, Jorge Neves e José Wendell. O bom trabalho da diretora sustenta o interesse, com fundamental auxílio da direção de movimento de Nathália Mello, baseada na dinâmica do judô.

Ficha técnica

Duração: 75 minutos

Recomendação: Livre

Publicidade

Publicidade