• Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Resenha por Rafael Cavalieri

Com um apelido tão eloquente como The Voice — traduzindo, a voz —, Frank Sinatra (1915-1998) deveria afugentar potenciais emuladores de seu timbre e estilo. Entretanto, ainda criança, assistindo a uma apresentação do astro, o britânico Louis Hoover sentiu que poderia, um dia, subir em um palco e en­toar aquelas canções. Nos anos 90, já trabalhando como cantor, ele deu forma ao show Salute to Sinatra, e logo começou a ser notado não apenas como mais um mero imitador, mas um artista de talento genuíno.

Acompanhado pela The Hollywood Orchestra, cuja formação inclui alguns músicos que tocaram com o homenageado, Hoover faz duas apresentações desse espetáculo, na segunda (10) e na terça (11), no Theatro Municipal. No repertório, defendido com enorme fidelidade ao original, estão standards como My Way, Strangers in the Night e New York, New York.

Ficha técnica

Recomendação: 10 anos

Publicidade

Publicidade