• 33 (Crédito: Reprodução Youtube)

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

Entre a TV e o cinema, Jorge Furtado ficou marcado por ótimos trabalhos de humor, a exemplo dos longas O Homem que Copiava (2003) e Saneamento Básico (2007) e do premiado seriado Doce de Mãe (2012). No ano passado, o gaúcho deu uma escorregada no documentário O Mercado de Notícias e, explorando o drama romântico em sua carreira, bate na trave com Real Beleza. A trama reúne apenas quatro personagens e, em seu decorrer, guarda semelhanças com o romance
As Pontes de Madison (1995). Vladimir Brichta interpreta João, um fotógrafo que roda o interior do Rio Grande do Sul à
procura de futuras modelos. Ao conhecer Maria (a estreante Vitória Strada), acredita ter encontrado a mulher ideal. A dor de cabeça vem a seguir: Maria é menor de idade e seus pais precisam autorizar a viagem dela. João, então, ruma à casa da menina e, lá, só encontra Anita (Adriana Esteves), a mãe da garota. Rola um clima entre eles e, longe do marido, a quarentona se encanta com o forasteiro. Locações esplêndidas, fotografa de encher os olhos e direção de arte sem afetações embalam uma história cujos conflitos são mal explorados. Problema extra está na escolha do par central. Bons atores e casados na vida real, Adriana e Brichta não conseguem transmitir a atração que os protagonistas sentem um pelo outro. Estreou em 6/8/2015.

Ficha técnica

Direção: Jorge Furtado

Duração: 84 minutos

Recomendação: 14 anos

País/Ano:

Publicidade

Publicidade