• Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

É muito bom tocar no assunto da “nova família brasileira”, sobretudo em tempos bicudos de intolerância sexual. O drama do diretor mineiro, porém, se mostra frágil, arrastado e inconsistente — não fosse por alguns números musicais, seria ainda mais entediante. Centrada numa periferia, a história flagra a relação da cantora Teresa (Mariene de Castro) com um cabeleireiro gay chamado Shirley (Cadu Fávero). Eles vivem juntos e criam um menino, fruto da relação dela com um ex-companheiro (papel do cantor Otto). O reencontro com Charles (João Baldasserini), uma antiga paixão, dará a Teresa outro destino. Estreou em 11/6/2015.

Ficha técnica

Direção: Ricardo Targino

Duração: 82 minutos

Recomendação: 16 anos

País/Ano:

Publicidade

Publicidade