Perdidos em Paris

Tipos de Gêneros dramáticos: Comédia
Veja Rio
starsstarsstarsstarsstars

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

(Perdidos em Paris/Divulgação)

O casal Fiona Gordon e Dominique Abel (foto), o mesmo de Rumba (2008), tem um estilo singular de fazer cinema nos dias de hoje. Aproxima-se do clown, do burlesco, do minimalismo de Buster Keaton e Jacques Tati. Em Perdidos em Paris, apostam na beleza na capital francesa e, de quebra, ganharam uma das últimas atuações da grande Emmanuelle Riva (1927-2017), estrela do clássico Hiroshima, Meu Amor. Emmanuelle interpreta uma senhora que, ameaçada de ir para um asilo, pede ajuda da sobrinha, cidadã de uma gélida cidade do Canadá. Em Paris, a atrapalhada Fiona não localiza a tia, perde roupas, dinheiro e passaporte e, na rua da amargura, conhece o sem-teto Dom. Fiona, australiana, e Abel, belga, são os protagonistas, diretores e roteiristas de uma comédia perspicaz e, por vezes, hilariante. Há algo também de Mr. Bean/Rowan Atkinson na caricatura de personagens comuns envolvidos em situações embaraçosas. Direção: Dominique Abel e Fiona Gordon (Paris Pieds Nus, França/Bélgica, 2016, 83min). 12 anos.

Assista ao trailer:

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s