• Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Resenha por Pedro Moraes

Farsa escrita pelo português Gil Vicente em 1512, O Velho da Horta ganhou uma atraente versão em 2002. A encenação da companhia PeQuod, especializada em teatro de bonecos, conquistou o prêmio Maria Clara Machado, na categoria especial, pela qualidade na confecção de seus fantoches. De volta ao circuito em mostra de repertório da trupe, a peça dirigida por Miguel Vellinho ocupa o Teatro Dulcina por quatro sessões, a partir de sábado (22). Em cena, quatro manipuladores dão vida às agruras de um sessentão apaixonado por uma jovem que vai comprar suas hortaliças. Em uma das reviravoltas da trama, outra mulher se oferece para ajudá-lo, mas ela está de olho é na fortuna do ancião. No mesmo endereço, o grupo criado em 2000 ainda celebra sua trajetória com a exposição de fotos Restrospec! O Teatro da Cia PeQuod e uma apresentação para adultos: Peh Quo Deux. Rec. a partir de 4 anos.

Ficha técnica

Duração: 60 minutos

Publicidade

Publicidade