• 33 (Crédito: Reprodução Youtube)

  • Voltar ao início

    Compartilhe essa matéria:

  • Todas as imagens da galeria:

Resenha por Tiago Faria

Um thriller sobre assassinato pode, sim, ser narrado com a leveza de uma comédia romântica. Como? Woody Allen mostra. Em seu novo longa-metragem, o 45‚ da carreira, o nova-iorquino de 79 anos combina suspense hitchcockiano, filosofia e um humor discreto (porém ácido) para contar a história de um professor universitário obcecado pela ideia de cometer o crime perfeito. Na cabeça de Abe Lucas (Joaquin Phoenix), matar um desconhecido corrupto seria a melhor maneira de ganhar paz de espírito. Ao maquinar esse plano, o acadêmico fica mais otimista e se envolve com uma estudante (Emma Stone) e uma professora (Parker Posey). Golpes do acaso vão bagunçar as expectativas do trio — e não pouparão o espectador. Embora os minutos finais guardem uma surpresinha cruel, o mais curioso é como Allen opta por um discurso sutil para rir das certezas do protagonista. Estreou em 27/8/2015.

Ficha técnica

Direção: Woody Allen

Duração: 95 minutos

Recomendação: 14 anos

País/Ano:

Publicidade

Publicidade