Frantz

Tipos de Gêneros dramáticos: Drama
Veja Rio
starsstarsstarsstarsstars

(Divulgação/Reprodução)

O diretor François Ozon tem uma carreira de filmes marcantes, como Sob a Areia, O Tempo que Resta, Dentro da Casa e Uma Nova Amiga. O novo Frantz é outro grande momento de sua filmografia. Rodada em belíssimo preto e branco (com raras cenas coloridas), a trama se passa em 1919, logo após a I Guerra, num vilarejo da Alemanha. Lá, a jovem Anna fica intrigada com a visita de um estranho ao túmulo de seu noivo, Frantz, morto em combate. O desconhecido veio da França, chama-se Adrien Rivoire, tem aparência frágil e olhar disperso. O cineasta francês, como já havia feito em Angel (2007), não se intimida em realizar um novelão à moda antiga, com reviravoltas românticas e, agora, dando uma “modernizada” no folhetim ao abordar a intolerância racial no pós-guerra. Nos papéis principais, Pierre Niney e Paula Beer (foto), premiada no Festival de Veneza, traduzem muito bem a angústia e as confusões sentimentais de seus personagens. Direção: François Ozon (França/Alemanha, 2016, 113min). 12 anos.

Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s