Corrente do Mal

Tipos de Gêneros dramáticos: Terror
Veja Rio
starsstarsstarsstarsstars

Resenha por Tiago Faria

Esqueça a falta de imaginação que contamina as fitas de terror sobre casas assombradas, assassinos mascarados e espíritos em fúria. Ao provar que o gênero ainda pode ser tratado com o mínimo de originalidade, a produção indie Corrente do Mal se tornou queridinha entre críticos americanos. Com razão, aliás. Na trama, que amedronta ao sugerir uma ameaça invisível, uma entidade sobrenatural é “transmitida” de personagem a personagem por meio do ato sexual. Para se livrar da maldição, a única saída é contaminar outra pessoa o mais rapidamente possível. A metáfora do pânico da aids pode parecer óbvia, mas até os truques triviais da narrativa ganham sentido quando se nota a intenção do diretor David Robert Mitchell de remeter à atmosfera obscura de longas de horror dos anos 80 (a trilha sonora faz referência direta à filmografia de John Carpenter). O realizador tenta, sobretudo, refletir sobre a sombra deixada por aquela década no cinema de entretenimento e no mundo de hoje. Com uma diferença importante em relação a outras fitas de horror-cabeça: nos momentos de maior voltagem, esta provoca arrepios reais. Estreou em 27/8/2015.

    info
  • Direção: David Robert Mitchell
  • Duração: 100 minutos
  • Recomendação: 16 anos
  • País: EUA
  • Ano: 2014
Comentários
Deixe um comentário

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s