Cauby – Começaria Tudo Outra Vez

Tipos de Gêneros dramáticos: Documentário
Veja Rio
starsstarsstarsstarsstars

Resenha por Miguel Barbieri Jr.

Diretor de Caro Francis (sobre o jornalista Paulo Francis) e Alô, Alô Terezinha (sobre Chacrinha), Nelson Hoineff resgata outra figura emblemática no documentário. Aos 84 anos, o grande cantor ainda mantém a voz firme e dá detalhes, até então inéditos, sobre sua homossexualidade. Há fatos curiosos, como a incursão pelos Estados Unidos, na década de 50, sob o codinome Ron Coby e a participação no filme Jamboree, de 1957. Também é bacana o foco sobre um fã de 15 anos obcecado pelo trabalho de Cauby. Hoineff foi atrás de imagens de shows e programas de TV para fazer compilações mixadas de canções como Bastidores e Conceição. Se há música até em excesso, faz falta um perfil mais afiado do biografado, seja por meio de depoimentos do próprio Cauby, seja através das palavras de quem convive(u) com ele. Estreou em 28/5/2015.

    info
  • Direção: Nelson Hoineff
  • Duração: 90 minutos
  • Recomendação: 12 anos
  • País: Brasil
  • Ano: 2015
Comentários
Deixe uma resposta

Olá, ( log out )

* A Abril não detém qualquer responsabilidade sobre os comentários postados abaixo, sendo certo que tais comentários não representam a opinião da Abril. Referidos comentários são de integral e exclusiva responsabilidade dos usuários que escreveram os respectivos comentários.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s